Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Concorrência atenta à corrupção na contratação pública

O presidente da Autoridade da Concorrência sublinhou que o combate ao conluio na contratação pública é uma das prioridades para este ano. 

Miguel Baltazar/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 01 de Junho de 2016 às 12:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O combate ao conluio na contratação pública está no topo da agenda para 2016 da Autoridade da Concorrência. A garantia foi dada esta quarta-feira, 1 de Junho, pelo presidente da entidade, António Ferreira Gomes, na Comissão de Economia, Inovação e Obras públicas no Parlamento.

 

Segundo os números avançados pelo presidente da AdC, a contratação pública representa 20% da despesa pública e 10% do PIB.

 

Por isso, reforça, que é uma questão que tem "importância na concorrência. A contratação pública ineficiente leva ao desperdício de fundos públicos que poderiam ser redireccionados para outros fins de interesse público", sustentou.

 

António Ferreira Gomes considera ainda que "os próprios funcionários devem estar atentos a sinais de conluio" e alertar para estas situações.

Ver comentários
Saber mais Autoridade da Concorrência António Ferreira Gomes AdC partidos e movimentos política concorrência administração pública
Mais lidas
Outras Notícias