Construção Portugal foi o terceiro na Zona Euro em que a construção mais cresceu em agosto

Portugal foi o terceiro na Zona Euro em que a construção mais cresceu em agosto

Num mês em que a Zona Euro viu a produção na construção cair, Portugal afirmou-se no sentido contrário e foi mesmo um dos três em que este indicador mais subiu.
Portugal foi o terceiro na Zona Euro em que a construção mais cresceu em agosto
Mariline Alves
Ana Batalha Oliveira 17 de outubro de 2019 às 10:36

A produção na construção caiu em agosto no conjunto da Zona Euro, revela o Eurostat. Contudo, Portugal contraria a tendência e destaca-se como o terceiro país da região em que este indicador mais avançou em comparação com o mês anterior.

Os maiores aumentos na produção da construção observaram-se na Polónia, Suécia, e Portugal, por esta ordem. No país de leste, o aumento entre julho e agosto deste ano foi de 2%, os suecos ficaram ligeiramente abaixo com um crescimento de 1,9% e, finalmente, Portugal registou um aumento de 0,9%.

Estas evoluções positivas acontecem ao mesmo tempo em que o conjunto da Zona Euro caiu 0,5% em igual período. Olhando à comparação anual, de agosto de 2019 comparado com agosto de 2018, Portugal não tem lugar no pódio, mas mostra um crescimento mais pujante: 2,8%. Esta percentagem representa um abrandamento contra os 3,2% de crescimento homólogo em julho.

Na Zona Euro, a produção na construção em agosto, comparada ao mesmo mês do ano anterior, subiu 1,2%, também um abrandamento relativamente a julho (1,8%) e o valor mais baixo pelo menos desde março, quando o crescimento foi de 5,9%.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI