Construção Reabilitação urbana teve crescimento "relevante" de 10,1% em 2016

Reabilitação urbana teve crescimento "relevante" de 10,1% em 2016

O nível de actividade de reabilitação urbana em Portugal registou um desempenho positivo em 2016. Já a carteira de encomendas estabilizou.
Reabilitação urbana teve crescimento "relevante" de 10,1% em 2016
Bruno Simão/Negócios
Lusa 03 de fevereiro de 2017 às 11:45

O nível de actividade na reabilitação urbana em Portugal registou "um acréscimo relevante" de 10,1% em 2016, comparando com o ano anterior, segundo o barómetro da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), divulgado esta sexta-feira, 3 de Fevereiro.

Com base num inquérito aos empresários que operam no segmento da reabilitação urbana, realizado pela AICCOPN, o crescimento do nível de actividade foi acompanhado por uma estabilização da carteira de encomendas, com este indicador a registar "uma variação de -0,1%" em 2016, face ao ano anterior.


Já a produção contratada em meses registou "uma redução de 2,4% em termos homólogos acumulados em 2016", fixando-se em 6,8 meses o tempo assegurado de laboração a um ritmo normal de produção, apurou o barómetro da associação AICCOPN.


Fundada em 1892, a AICCOPN é uma associação de âmbito nacional, que representa cerca de 8.000 empresas do sector da construção civil e obras públicas.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI