Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Adidas quer intensificar marketing após recuperação das vendas nos Estados Unidos

Depois de ver as vendas aumentar nos Estados Unidos da América, ajudadas por parcerias e patrocínios com equipas desportivas e celebridades, a Adidas quer agora aumentar o valor a investir no marketing.

Bloomberg
André Vinagre andrevinagre@negocios.pt 05 de Novembro de 2015 às 10:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Adidas vai aumentar o valor a investir no marketing para fazer frente à rival Nike, escreve a Reuters esta quinta-feira, 5 de Novembro. A marca alemã já tinha assinado patrocínios e parcerias que ajudaram a aumentar as vendas nos Estados Unidos da América.

 

A Adidas diz querer manter esta dinâmica e, para isso, vai aumentar os gastos com a promoção e marketing no quarto trimestre do ano. De acordo com a Reuters, a empresa vai gastar entre 13% e 14% das suas receitas em marketing, mais que os rivais da marca alemã, que vão gastar entre 10% a 11% das receitas em marketing.

 

A segunda maior marca de artigos desportivos a nível global quer reduzir a distância para a Nike e já apostou nos ténis "Yeezy", criados por Kanye West, e num contrato de 10 anos com a equipa de futebol Manchester United.

 

Após o deslize no mercado norte-americano no ano passado, a Adidas está a apostar nos desportos norte-americanos, com parcerias com a liga de hóquei no gelo NHL e patrocínios a equipas e jogadores de topo, tanto da NHL como da liga de futebol americano, a NFL.

 

No terceiro trimestre do ano, terminado em Setembro, a Adidas registou vendas de 4,76 mil milhões de euros, superando a previsão dos analistas, que estimavam vendas na ordem dos 4,5 mil milhões de euros.

 

Também os lucros da empresa alemã superaram as previsões, registando 311 milhões de euros, mais 10% do que no mesmo período do ano passado.

Ver comentários
Saber mais Adidas Nike EUA marketing
Outras Notícias