Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Benfica confirma à CMVM “princípio de acordo” para a rescisão de Lage

O clube da Luz confirma à CMVM que está a ser negociado um acordo para a rescisão do contrato com o técnico com efeitos imediatos.

Rita Faria afaria@negocios.pt 30 de Junho de 2020 às 15:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

A Benfica SAD confirmou esta terça-feira que está a negociar um princípio de acordo com Bruno Lage para a rescisão do contrato do treinador, que colocou o lugar à disposição depois da derrota das águias na Madeira.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o clube da Luz refere que a rescisão tem "efeitos imediatos".

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que está a negociar um princípio de acordo com o treinador Bruno Miguel Silva do Nascimento (Bruno Lage) para a rescisão do contrato de trabalho desportivo com efeitos imediatos", diz o comunicado do Benfica.

Depois de quase um ano e meio no cargo, Bruno Lage colocou o seu lugar à disposição na sequencia da derrota de ontem por duas bolas a zero frente ao Marítimo.

"O nosso treinador Bruno Lage, quando acabou o jogo, dirigiu-se a mim com grande elevação, e disse: 'presidente, tem o meu lugar à sua disposição, porque entendo que neste momento as coisas não estão boas para o Benfica (...) A partir de amanhã (terça-feira) não serei treinador do Benfica", disse Luís Filipe Vieira, na sala de imprensa dos insulares.

Lage, de 44 anos, deixa a equipa no segundo lugar, a três pontos do FC Porto, que tem menos um jogo. O técnico tinha contrato com os 'encarnados' até 30 de junho de 2023.

Ver comentários
Saber mais Bruno Lage Benfica
Mais lidas
Outras Notícias