Desporto Benfica e Porto sobem no ranking dos clubes europeus com mais receitas

Benfica e Porto sobem no ranking dos clubes europeus com mais receitas

O Benfica é o 24.º clube europeu com mais receitas: 197,6 milhões de euros. O Porto entrou no "top30".
Benfica e Porto sobem no ranking dos clubes europeus com mais receitas
Nuno Carregueiro 14 de janeiro de 2020 às 09:29

O Benfica e o Porto melhoraram a posição no ranking dos clubes europeus com mais receitas, com os "encarnados" a marcarem presença no top30 pelo quarto ano consecutivo e o Porto a entrar na lista.

 

De acordo com o estudo anual Money League, da Deloitte, o Benfica é o 24.º clube europeu com mais receitas: 197,6 milhões de euros. O campeão português subiu seis posições, já que na edição de 2019 surgia no 30.º lugar, com receitas de 150,7 milhões de euros.

 

Na edição do ano passado o Benfica destacava-se por ser um dos três clubes europeus fora das cinco principais ligas (Espanha, Inglaterra, Itália, França, Alemanha) a figurar no "top30".

 

No ano passado o Zenit (Rússia) e o Ajax (Países Baixos) faziam companhia ao Benfica, mas em 2020 há mais um e também é português. O Futebol Clube do Porto entra no "ranking" da Deloitte, para o 29.º lugar, com receitas de 176,2 milhões de euros.

 

A ascensão dos dois clubes portugueses espelha o domínio do Benfica e Porto na liga portuguesa, que lhes permitiu encaixar verbas mais elevadas nas competições europeias. No relatório publicado esta terça-feira pela Deloitte, não há qualquer referência aos clubes portugueses, além da inclusão de Benfica e Porto nas tabelas com os "rankings".

 

Na época 2018/2019 o Benfica alcançou receitas acima de 300 milhões de euros, a verba mais elevada de sempre. A análise da Deloitte não contempla os encaixes com a venda de passes de jogadores.

Apesar da subida, o Benfica já ocupou posições mais cimeiras neste ranking. Em 2012, por exemplo, estava em 21.º.

 

Barcelona supera Real Madrid

 

O Real Madrid tem dominado este "ranking" dos clubes europeus com maiores receitas, mas em 2020 foi superado pelo rival espanhol Barcelona.

 

Os catalães chegam pela primeira vez ao primeiro lugar e ao mesmo tempo são também o primeiro clube a superar a marcadas dos 800 milhões de euros em receitas.    

 

O Real Madrid surge em 2.º (757 milhões de euros) e o Manchester United fecha o pódio (receitas de 711 milhões de euros).

 

De acordo com a Deloitte, os 20 maiores clubes europeus geraram receitas de 9,3 mil milhões de euros na época 2018/2019, o que traduz um crescimento de 11%. Deste total, 40% dizem respeito a receitas comerciais, 16% com bilheteira e 44% com direitos de transmissão.

 

As primeiras posições são ocupadas sobretudo por clubes britânicos, destacando-se Tottenham Hotspur, que alcança o lugar mais elevado (8.º), o que permite ao clube treinado por Mourinho superar os rivais Arsenal e Chelsea e tornar-se o maior de Londres.

Veja a lista dos 20 clubes europeus com mais receitas:




pub

Marketing Automation certified by E-GOI