Desporto Blatter e Platini multados e banidos pela FIFA por oito anos

Blatter e Platini multados e banidos pela FIFA por oito anos

Os dirigentes futebolísticos foram banidos por oito anos – com efeito imediato - pelo Comité de Ética da FIFA. Em causa está um pagamento não autorizado de 2 milhões de francos suíços pela FIFA a Platini. A decisão poderá inviabilizar ambições de Platini à liderança da FIFA.
Blatter e Platini multados e banidos pela FIFA por oito anos
Inês F. Alves 21 de dezembro de 2015 às 09:21

O presidente da FIFA suspenso, Joseph Blatter, e o presidente da UEFA, Michel Platini, foram multados e banidos por oito anos pelo Comité de Ética da FIFA esta segunda-feira, informou o organismo que regula o futebol mundial em comunicado.

A decisão, que os arreda de todas as actividades relacionadas com o futebol, tem efeito imediato. Acresce à mesma as coimas aplicadas a ambos os dirigentes, tendo Blatter sido multado em 50.000 francos suíços (cerca de 46 mil euros) e Platini em 80.000 francos suíços (cerca de 74 mil euros).

Segundo o comunicado emitido pelo comité, as acções de Blatter "desrespeitaram todas as leis e regulamentos aplicáveis, assim como o enquadramento regulatório da FIFA" e reflectem um "abuso da sua posição enquanto presidente da FIFA".


Com esta decisão, escreve a Bloomberg, caem por terra as aspirações de Platini de vir a liderar a FIFA. 

Os dois responsáveis foram suspensos por 90 dias em Outubro no âmbito da investigação sobre um pagamento não autorizado de 2 milhões de francos suíços (cerca de 1,85 milhões de euros) pela FIFA a Platini em 2011.

Ambos negaram quaisquer más práticas, argumentando que Blatter estava a cumprir um contrato oral com Platini pelos serviços prestados por este à FIFA entre 1998 e 2002, escreve a Bloomberg, tendo o pagamento final sido feito em 2011

A 16 de Dezembro, Platini informou que não iria comparecer à audição no Comité de Ética da FIFA para esclarecer este caso.

(Notícia actualizada às 9:40)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI