Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Caiaques Nelo conquistam prata para Portugal

Já tinham conquistado muitas medalhas para outros países. Agora podem colocar no seu curriculum uma medalha de prata para Portugal. Os caiaques, produzidos em Vila do Conde, que são os principais campeões nacionais

Caiaques Nelo conquistam prata para Portugal
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
A MAR Kayaks, de Vila do Conde, já não é novata nestas andanças. Esteve nos Jogos Olímpicos de Atlanta, viu os seus barcos ganhar medalhas em Sidney, teve ainda mais medalhas em Atenas e terminou as Olimpíadas de Pequim com 20 medalhas das 36 atribuídas nas competições em que entraram canoas e caiaques da empresa portuguesa, que opera com a marca Nelo.

Em Londres, o trabalho continua. "Nestes Jogos fornecemos 75% a 80% dos barcos", contou ao Negócios o presidente da MAR Kayaks, Manuel Ramos, num artigo antes de os Jogos se iniciarem. "Isto é consequência do trabalho que temos vindo a fazer", acrescenta.


A empresa portuguesa levou 10 colaboradores a Londres. Uma equipa que dará apoio não só às selecções que usam equipamentos Nelo, mas também a todos os outros atletas. O desafio da MAR Kayaks tem sido produzir, para cada competição, barcos mais velozes, mas ao mesmo tempo ajustados às necessidades de cada "cliente". A empresa de Vila do Conde vai entretanto preparando o futuro. "Já estamos a trabalhar nos próximos modelos", revela Manuel Ramos.

O empresário contou ao Negócios que este ano a empresa poderá aumentar o seu volume de negócios em 25%, perante os 4 milhões de euros facturados em 2011. Mas tal como no desporto, neste negócio há mínimos a cumprir. "Temos de ter um crescimento sempre acima dos 10%. Se não, não é sustentável", explica o homem do leme. Ou melhor, do caiaque.

Manuel Ramos, presidente da MAR Kayaks, confirmou, nesse artigo publicado a 27 de Julho no Negócios, que "os Jogos Olímpicos são uma grande janela de promoção". E dica para outras empresas portuguesas? "Têm de agarrar um projecto e trabalhá-lo a 100%. São 25% de imaginação e 75% de suor", nota o líder da empresa conhecida mundialmente pelo seu diminutivo (Nelo), que, afinal, é o nome do caiaque. A empresa, essa, leva as suas iniciais - MAR de Manuel Alberto Ramos, nascido em Angola, e veio para Portugal com 15 anos.

Antigo praticante de canoagem, começou por produzir barcos que usava porque o mercado nacional não lhe dava resposta. Mas apercebeu-se que um "hobby" podia ser transformado numa forma de vida. Em 1978, aos 18 anos, torna-se empresário. Cria a MAR Kayaks. A primeira fábrica tinha apenas uns 50 metros quadrados, mas foi a partir deste espaço que Nelo começou a ganhar força de marca global. Aventura-se na internacionalização nos anos 90. A primeira grande glória mundial acontece em 2000, nos Jogos Olímpicos de Atenas: os barcos da marca Nelo ganham uma medalha de ouro, duas de prata e duas de bronze.
Ver comentários
Saber mais MAR Kayks Nelo Jogos Olímpico
Outras Notícias