Desporto Dia 6: Dia de lágrimas no judo e estreia no golfe

Dia 6: Dia de lágrimas no judo e estreia no golfe

Jorge Fonseca, do judo, foi eliminado dos Jogos Olímpicos. O dia foi marcado pela estreia do golfe nos Jogos Olímpicos, contando com a presença de dois portugueses: Filipe Lima e Ricardo Melo Gouveia. Siga a prestação dos portugueses.
Dia 6: Dia de lágrimas no judo e estreia no golfe
COP

12 de agosto de 2016 às 01:03
EUA mantêm liderança nas medalhas

Perto do final do sexto dia dos Jogos do Rio2016, os Estados Unidos continuam a ser o país mais medalhado, seguindo-se a China e o Japão.

No quinto dia, o quarto lugar do pódio das medalhas acumuladas desde o início dos J.O. pertencia à Coreia do Sul, mas esta quinta-feira Seul viu esse lugar ocupado pela Austrália.

12 de agosto de 2016 às 00:55
Telma Santos batida por campeã olímpica na estreia no badminton

Telma Santos foi derrotada pela campeã olímpica, a chinesa Li Xueriu, na primeira jornada da fase de grupos do torneio de badminton dos Jogos Olímpicos Rio2016.

Telma Santos, 71.ª do mundo e que em Londres2012 foi a primeira portuguesa a vencer um encontro olímpico de badminton, foi derrotada pela chinesa, terceira do 'ranking', por 21-12, 21-7, em 27 minutos.

No Grupo E, Telma Santos vai ainda defrontar a norte-americana Iris Wang, na sexta-feira, e a belga Tan Lianne, no domingo.


11 de agosto de 2016 às 23:04
Susana Costa motivada para chegar à final do triplo

A atleta Susana Costa garantiu que está em boa forma e espera qualificar-se sábado para a final do triplo salto dos Jogos Olímpicos Rio2016, juntamente com a compatriota Patrícia Mamona.

"Se ter duas portuguesas na final é uma forte possibilidade? Eu e a Patrícia Mamona estamos muito bem e é o que eu peço todos dias aos Santos, que isso aconteça. Seria mais um momento histórico no atletismo português", disse.

À entrada da Aldeia Olímpica, no Rio de Janeiro, a atleta do Benfica garantiu que tem "boas expectativas", pois tem treinado bem, pelo que espera que "tudo corra pelo melhor". "Estou motivada. Seria óptimo passar à final e espero conseguir fazê-lo", disse a atleta, de 31 anos, que vai estrear-se em Jogos Olímpicos.

Susana Costa tem como recorde pessoal 14,34 metros, marca conseguida no Europeu de 2016, prova em que ficou no quinto lugar, a 24 centímetros de Patrícia Mamona, que se sagrou campeã europeia, com 14,58.

11 de agosto de 2016 às 22:20
João Rodrigues a um lugar e dois pontos da 'Medal Race' em RS:X

O velejador João Rodrigues, o porta-estandarte de Portugal, colocou-se a um lugar e dois pontos da 'Medal Race' da classe RS:X dos Jogos Olímpicos Rio2016, ao conseguir um quarto lugar, um 12.º e um 15.º.

O português, que cumpre a sétima participação em Jogos Olímpicos, ascendeu do 15.º ao 11.º lugar, com 102 pontos, apenas mais dois do que o dinamarquês Sebastian Fleischer e o chinês Aichen Wang, após nove regatas.

Os 10 primeiros classificados após 10 regastas qualificam-se para a 'Medal Race'. A frota de RS:X é liderada pelo holandês Dorian van Russelberghe, que soma apenas 16 pontos.

Em seis participações olímpicas, João Rodrigues tem como melhores registos o sexto lugar de Atenas2004 e o sétimo de Atlanta'1996, ambos na classe Mistral. Em RS:X, tem como melhor o 11.º lugar de Pequim2008.

11 de agosto de 2016 às 21:16
Telma Santos fecha dia dos atletas portugueses

A participação portuguesa fecha hoje com Telma Santos no Badminton. Defronta chinesa Li Xuerui a partir das das 23h55.

11 de agosto de 2016 às 19:19
Ricardo Melo Gouveia com duas tacadas acima do par

Ricardo Melo Gouveia, o número um do golfe nacional, terminou o primeiro dia no golfe com duas tacadas acima do par, classificando-se provisoriamente na 40.ª posição. Filipe Lima, o outro golfista a participar nos Jogos, fez uma tacada abaixo do par.

Melo Gouveia deu mais duas tacadas do que o nível teórico do campo, terminando assim com 73 tacadas para um campo de 71.

Nesta primeira sessão do golfe, ainda se joga. Em primeiro lugar, até agora, está Marcus Fraser com oito tacadas abaixo do par.

11 de agosto de 2016 às 19:17
Filipe Lima entrou "um pouco a tremer" na estreia olímpica do golfe

O português Filipe Lima assumiu hoje que entrou "um pouco a tremer" na sua estreia olímpica, mas mostrou-se satisfeito com o nível do seu jogo na primeira ronda do torneio de golfe dos Jogos Rio2016.

"Um pouco a tremer no princípio. Estive a falar com os outros atletas e sabemos o que é, mas sem saber, porque é a primeira vez que estamos a jogar os Jogos Olímpicos, pelo que é um pouco difícil. Estamos um pouco perdidos nas sensações, mas depois de batermos os primeiros 'shots' as sensações dos torneios voltam e depois é o mesmo jogo", disse.

Apesar do 'stress' Filipe Lima entrou bem para a primeira volta e conseguiu dois 'birdies' [uma abaixo do par] nos primeiros três buracos.

"Gosto muito de estar em condições de 'stress', porque estou mais focado no meu jogo. É verdade que comecei bem e joguei bem até ao final. Aquela passagem nos buracos 12, 13, 14 é uma passagem muito difícil do campo. Nos dois 'bogeys' [uma acima] não falhei mesmo os 'shots', são buracos difíceis, acontece. Foi muito positivo o jogo hoje", assumiu.

Filipe Lima terminou a volta com 70 pancadas (uma abaixo do par) e ainda acredita que pode chegar aos lugares cimeiros.

"O golfe é uma modalidade que não é como o ténis, que se sabe que serão um dos quatro melhores do mundo, a natação, que será quem tem a melhor marca do ano. Nós, todas as semanas pode ser um novo. Eu sei que posso jogar melhor do que todos, numa semana pelo menos, sei que é possível mesmo", assumiu.

Filipe Lima diz mesmo que tanto ele como Ricardo Melo Gouveia, o outro português no Rio2016, podem "ser medalha de ouro".

"Estou a jogar bastante bem, estou muito bem nos 'greens' e todos sabem que quando estou bem nos 'greens' sou perigoso", referiu.

O vento, por vezes forte, que se faz sentir no Rio de Janeiro pode ser um factor determinante na luta pelos lugares cimeiros da classificação.

"O vento é a coisa mais difícil que nós temos no golfe, é verdade que o vento está forte, mas está no sentido que não estorva muito, se estivesse um pouco mais de oeste ainda estorvava mais, mas sou um jogador de vento, gosto de jogar no vento, isso ajuda-me um pouco mais, porque há quem não goste", assumiu.

Campo fantástico mesmo com crocodilo a 'aplaudir'

"Fantástico. O campo está uma maravilha, melhor não podia estar, o desenho está muito bom. A equipa de portugueses que fez o campo fez um trabalho fantástico. Gosto, com um bocadinho de orgulho, dizer que foram portugueses que fizeram o campo", referiu.

"Não tem erros, para mim está perfeito", referiu Lima, que considera que para fazer boas voltas é preciso uma boa pancada de saída, bem para o centro do campo, referindo que a sequência dos buracos 12, 13 e 14 é onde "se vai jogar o dia".

De acordo com Filipe Lima, "estar no meio da natureza" é um dos pontos positivos do golfe, pelo que não estranhou um encontro insólito durante a segunda metade da prova.

"No 10, tinha um crocodilo. Estávamos a andar ao pé dele. Está ali a olhar para nós e acho que até bate palmas de vez em quando. Estava lá, até é porreiro", disse um bem-disposto Filipe Lima.

11 de agosto de 2016 às 18:48
Filipe Lima termina dia do golfe com uma tacada abaixo do par

No primeiro dia em que se jogou a competição de golfe, nos Jogos Olímpicos no Rio 2016, Filipe Lima terminou a sessão com uma tacada abaixo do par, o que o coloca, para já, na 15.ª posição, mas o dia ainda não terminou para outros golfistas. Isto significa que Filipa Lima fez menos uma tacada do que o estabelecido teoricamente para o percurso. Este, no Rio, estava traçado para 71 tacadas, e Filipe Lima fê-lo em 70.

Na primeira ronda vai para já à frente o neo-zelandês Marcus Fraser, que fez oito tacadas abaixo do par. Neste primeiro dia coube ao britânico Justin Rose fazer história. Fez o primeiro "hole-in-one" (a bola entrou no buraco logo no serviço, ou seja, com uma única tacada) da história olímpica. O golfe retomou este ano a sua classificação de modalidade olímpica, mas já tinha sido há mais de 100 anos.

Portugal tem dois golfistas nestes Jogos: Filipe Lima e Ricardo Melo Gouveia. Este último ainda está a jogar. 

11 de agosto de 2016 às 18:39
João Rodrigues termina primeira regata do dia na 15.ª posição

João Rodrigues terminou, a sua primeira regata em RS:X, no 15.º lugar, segundo informação do Comité Olímpico. Faltam ainda realizar duas regatas esta quinta-feira, 11 de Agosto. 




11 de agosto de 2016 às 17:57
Tamila Holub a quase 10 segundos do recorde nacional nos 800 livres

A nadador portuguesa Tamila Holub ficou hoje a quase 10 segundos do recorde nacional, que lhe pertence, ao nadar as eliminatórias dos 800 metros livres dos Jogos Olímpicos Rio2016 em 8.45,36 minutos.

Holub, que fechou a participação lusa na natação pura, fez mais 9,15 segundos do que o registo que, a 28 de maio de 2016, em Coimbra, lhe valeu os mínimos para os Jogos e o recorde nacional absoluto (8.36,21 minutos).

Na natação pura, Alexis Santos selou a primeira meia-final desde Alexandre Yokochi, em Seul1988, e bateu um recorde nacional, enquanto Holub, Victoria Kaminskaya e Diogo Carvalho caíram nas eliminatórias, sem recordes pessoais.

11 de agosto de 2016 às 14:32
Jorge Fonseca eliminado

O judoca Jorge Fonseca disputou a ronda preliminar das eliminatórias na categoria de -100kg frente ao afegão Mohammad Tawfig Bakhshi, tendo vencido o combate por 'ippon', em nove segundos. 

Jorge Fonseca disputou, entretanto, o segundo combate frente ao checo Lukas Krpalek, tendo perdido por wasari. O judoca foi assim eliminado na primeira ronda.

11 de agosto de 2016 às 11:30
O que se vai passar hoje nos Jogos Olímpicos

Esta quinta-feira, 11 de Agosto, Portugal está representado por seis atletas de cinco modalidades.

O tiro de partida é dado por Filipe Lima e Ricardo Melo Gouveia no primeiro dia de golfe, modalidade que se estreia este ano nos Jogos Olímpicos. A competição inicia-se às 11:30, hora de Lisboa. Mas segundo as páginas de Facebook dos jogadores, Filipe Lima espera arrancar a competição a partir das 12:41 horas em Portugal e Melo Gouveia a partir das 14:14.

Jorge Fonseca vai disputar as eliminatórias do Judo, na categoria de -100 Kg, a partir das 14:00 e se conseguir ser apurado, poderá disputar as finais a partir das 19:30.

Às 17:00 João Rodrigues entra no terceiro dia de competição da RS:X.

Tamila Holub vai disputar as eliminatórias da natação, 800 metros livres femininos, às 19:30.  

A última a entrar em campo é Telma Santos, às 23:55, em badminton, na fase de grupos.

11 de agosto de 2016 às 11:20
As prestações dos atletas portugueses até ao quinto dia

Tudo começou, mesmo antes da cerimónia de abertura, com o futebol. A selecção comandada por Rui Jorge entrou em prova a 4 de Agosto, defrontando, e derrotando, a Argentina. O mesmo aconteceu no jogo seguinte frente às Honduras, tendo garantido nesse mesmo dia a passagem aos quartos-de-final. No último jogo da fase de grupos, a selecção nacional defrontou a Argélia, tendo empatado o jogo 1-1.


No ciclismo, e na prova de estrada, o melhor registo foi de Rui Costa, que terminou a prova em décimo lugar. Portugal contou ainda com a presença de André CardosoJosé Mendes e Nelson Oliveira. Este último abandonou a prova, após uma queda. Já André Cardoso ficou em 36.º e José Mendes em 53.º lugar. No contra-relógio, Nelson Oliveira terminou a prova em sétimo lugar.

No ténisGastão Elias e João Sousa já foram eliminados, tanto nas provas individuais como na prova de pares. João Sousa, depois de ter vencido a primeira ronda frente ao holandês Robin Haase por 2-0, caiu aos pés do argentino Martin Del Potro, que tinha eliminado na prova Novak Djokovic. Gastão Elias também passou a primeira ronda, vencendo o australiano Thanasi Kokkinakis, mas Steve Johnson ditou a saída da prova do tenista português. 

Em pares masculinos, Gastão Elias e João Sousa venceram a primeira ronda a dupla eslovaca Andrej Martin e Igor Zelenay por 2-0, mas acabaram por ser eliminados na segunda ronda, ao perderem contra os canadianos Vasek Pospisil e Daniel Nestor.

Na nataçãoAlexis Santos bateu um novo recorde nacional nos 400 metros estilos, o que ainda assim não foi suficiente para ser apurado para a final, tendo ficado em 14.º lugar. O mesmo atleta, mas nos 200 metros, conseguiu apurar-se para as meias-finais, tendo sido eliminado após ficar em 12.º lugar. Diogo Carvalho também esteve nas eliminatórias desta disciplina, mas não conseguiu passar às meias-finais, tendo ficado em 19.º. Ainda nos 400 metros estilos, nos femininos, Victoria Kaminskaya, ficou em 28.º lugar. A mesma nadadora falhou o recorde nacional dos 200 metros estilos, e ficou no 35.º lugar.
 

João Costa ficou em 11.º lugar na prova de pistola de ar a 10m, não tendo conseguido apurar-se para a final. João Costa falhou também o apuramento na pistola de ar a 50 metros, tendo ficado em 11.º lugar.

No ténis de mesaShao Jieni perdeu contra a norte-americana Lily Zhang por 4-0, tendo sido afastada da competição. Já Fu Yu também perdeu, na segunda ronda, contra a tailandesa  Nanthana Komwong por 3-4. Tiago Apolónia perdeu frente ao esloveno Bojan Tokic  por 4-1, ficando assim afastado da competição individual de ténis de mesa. Marcos Freitas, 11.º jogador mundial, apurou-se para os quartos-de-final, ao bater o ucraniano de origem chinesa Lei Kou, mas ficou por aí depois da derrota frente ao japonês Jun Mizutani.

No judoJoana Ramos perdeu na segunda ronda dos -52kg contra a chinesa Yingnan Ma. Assim como Sergiu Oleinic que também falhou a passagem para os quartos-de-final nos -66Kg, depois de ter perdido contra o dominicano Walter Mateo. Ambos ficaram em nono lugar na prova. Telma Monteiro conquistou a medalha de bronze, depois de ter derrotado no último combate a romena Corina Caprioriu. Enquanto Nuno Saraiva perdeu na categoria -73 kg frente ao húngaro Miklos Ungvari, tendo sido afastado da competição. Célio Dias foi eliminado na primeira ronda dos -90kg por Celtus Dossou Yovo, atleta do Benim.

Na ginásticaFilipa Martins conseguiu a melhor participação de sempre de uma ginasta portuguesa na prova de ginástica artística, tendo ficado em 37.º lugar, o que não foi suficiente para se apurar para a final.

José Carvalho chegou à final de canoagem slalom C1, terminando na nona posição.

Na velaJoão Rodrigues iniciou na segunda-feira, 8 de Agosto, a sua sétima e última participação olímpica, tendo terminado o dia em 18.º no RS:X. Já a velejadora portuguesa Sara Carmo concluiu o primeiro dia de regatas da classe Laser Radial na 34.ª posição. Gustavo Lima terminou na 14.ª posição as duas primeiras regatas da classe Laser. Já no segundo dia de regatas, o velejador João Rodrigues subiu ao 15.º lugar da classe RS:X dos Jogos Olímpicos Rio2016, enquanto Gustavo Lima caiu para a 21.ª posição de Laser e Sara Carmo subiu a 29.ª de Laser Radial. No terceiro dia de regatas, Gustavo Lima subiu para 16.º lugar e Sara Carmo subiu para a 26.ª posição.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI