Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ronaldo: “Desculpas aceites, Pepsi”

O jogador português do Real de Madrid parece querer encerrar de vez com a polémica da campanha considerada ofensiva lançada em finais do ano passado. A Pepsi Portugal já tinha pedido “sinceras e profundas desculpas”, Cristiano diz agora: “desculpas aceites, Pepsi” e anuncia uma campanha solidária com a marca.

Reuters
Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 08 de Janeiro de 2014 às 13:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 27
  • ...

Numa mensagem partilhada no seu Facebook, o jogador português começa por dizer: “Ninguém é perfeito e todos erramos. O mais importante é pedir desculpas e demonstrar que o que sentes é verdadeiro. Por isso... desculpas aceites, Pepsi!”.

 

“E como em Portugal uma acção vale mais que mil palavras, temos estado a trabalhar no apoio a uma causa solidária que desvendaremos em breve. Fiquem atentos!”. Mais não sabemos, certo é que Cristiano Ronaldo tenta assim acalmar a fúria dos portugueses que se espalhou um pouco por todas as redes sociais.

 

Recorde-se que antes do jogo Suécia-Portugal, que apurou a selecção das quinas para o Mundial de Futebol em 2014, a filial sueca da Pepsi divulgou várias imagens no
âmbito dessa campanha, destinada aos consumidores suecos, onde se via Cristiano Ronaldo – que marcou os três golos que colocaram Portugal no Mundial no Brasil – a ser trucidado por um comboio. A mensagem era clara: "Vamos passar por cima de Portugal!”.

 

Nas imagens criadas e difundidas pela Pepsi, podia ver-se um boneco – representando CR7 - vestido com as cores nacionais, que era esmagado por uma lata e trucidado por um comboio, sendo também alvo de vudu.

 

A marca de refrigerantes Pepsi pediu na mesma noite "sinceras e profundas desculpas" a Cristiano Ronaldo e à Selecção Portuguesa de Futebol por imagens publicadas na Suécia alusivas ao futebolista e que provocaram polémica.

 

Portugal venceu a Suécia (3-2) e apurou-se para a fase final do campeonato mundial de futebol, que decorre em 2014 no Brasil, com três golos de Ronaldo.

 

Já depois da vitória da selecção portuguesa, cerca das 23h00, a página oficial da Pepsi Portugal no Facebook destacava que, sendo o futebol conhecido pela paixão que inspira, "a equipa sueca infelizmente foi mais longe do que devia".

 

"Nunca quisemos dar ao desporto ou ao espírito de competição uma conotação negativa. Pedimos desculpa a todos aqueles que se sentiram ofendidos pelos posts - estes foram imediatamente retirados", diz a marca. 

 

Cristiano Ronaldo foi o autor dos três golos no jogo com a Suécia e também tinha marcado o único golo da primeira mão, em Portugal, numa vitória por 1-0.

 

Este pedido de desculpas não foi suficiente para travar as inúmeras manifestações de desagrado quer dos cidadãos portugueses quer de algumas empresas.

Ver comentários
Saber mais Cristiano Ronaldo Pepsi Real de Madrid
Outras Notícias