Desporto SAD do Porto reduz prejuízos para 28,4 milhões

SAD do Porto reduz prejuízos para 28,4 milhões

A SAD do Porto reduziu os seus prejuízos no acumulado do ano. Numa época em que se sagrou campeão nacional de futebol, o Porto conseguiu aumentar as suas receitas, tanto excluindo passes de jogadores como incluindo.
SAD do Porto reduz prejuízos para 28,4 milhões
Correio da Manhã
Sara Antunes 11 de outubro de 2018 às 10:22

A SAD do Futebol Clube do Porto fechou o ano fiscal, terminado a 30 Junho, com prejuízo de 28,4 milhões de euros, de acordo com o comunicado emitido para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).


Estes prejuízos representam uma melhoria face aos valores registados um ano antes: -35,3 milhões.

 

A contribuir para esta melhoria esteve o aumento de receitas. Excluindo os proveitos com passes de jogadores, a SAD portista fechou com um volume de negócios de 105,8 milhões de euros, mais 7% do que no ano passado.

Todas as rubricas ajudaram à melhoria dos proveitos, com excepção dos direitos de transmissão/distribuição televisiva, cujo encaixe diminuiu 5,6% para 23,6 milhões de euros. Todas as restantes rubrias – merchandising, bilheteira, provas UEFA, publicidade, etc – registaram aumentos dos valores gerados.

 

Já os resultados das transacções de passes aumentaram 21% para 50,02 milhões de euros, num período em que o Porto vendeu Diogo Dalot ao Manchester United, por 22 milhões de euros, e Ricardo Pereira ao Leicester por 20 milhões.

 

O EBITDA da SAD liderada por Nuno Pinto da Costa aumentou 22% para 27,9 milhões de euros.




Saber mais e Alertas
pub