Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sondagem: Benfica consolida-se como favorito a campeão nacional de futebol

A maioria dos portugueses aponta para que a equipa de futebol do Benfica se sagre campeã esta época. O favoritismo está a aumentar, enquanto o entusiasmo em relação ao Futebol Clube do Porto está a diminuir.

José Reis / Movephoto
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Dezembro de 2019 às 08:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

A maioria dos portugueses acredita que será a equipa do Benfica a vencer o campeonato nacional de futebol deste ano. O barómetro realizado pela Intercampus para o Negócios e a CMTV revela que 59,1% dos inquiridos acredita que será a equipa da Luz a sagrar-se campeã.

 

Os resultados do barómetro de dezembro revelam que o Benfica está a consolidar o seu favoritismo, já que em novembro a percentagem de inquiridos que respondeu que será o Benfica a ganhar foi de 57,1%. Em setembro eram apenas 40,4%.

 

Já o Porto está a ter um desempenho oposto. Se em outubro rivalizou com o Benfica, com 41,2% dos inquiridos a apostarem nos dragões para vencer este campeonato, em dezembro a percentagem de inquiridos a apostar na equipa azul e branca desceu para 24,1%.

 

Já o Sporting mantém-se em terceiro, com 3% dos inquiridos a apontarem para a possibilidade de a equipa de Alvalade vencer o campeonato.

 

No mesmo barómetro, os inquiridos foram questionados sobre qual o melhor treinador português. José Mourinho lidera as preferências dos portugueses, com 33,8% dos inquiridos a considerarem-no o melhor técnico nacional. Jorge Jesus, que se tem destacado com o desempenho do Flamengo, que ganhou este ano o campeonato do Brasil e a Taça dos Libertadores, arrecada 18,5% das preferências. O treinador do Benfica, Bruno Lage, surge na terceira posição, com 15,5% dos inquiridos a darem o seu nome.

 

Ficha Técnica

Objetivo: Sondagem realizada pela INTERCAMPUS para a CMTV, com o objetivo de conhecer a opinião dos Portugueses sobre diversos temas da política nacional, incluindo a intenção de voto em eleições legislativas.

Universo: População portuguesa, com 18 e mais anos de idade, eleitoralmente recenseada, residente em Portugal Continental.

Amostra: A amostra é constituída por 606 entrevistas, com a seguinte distribuição proporcional por Sexo (290 homens e 316 mulheres), por idade (132 entre os 18 e os 34 anos; 219 entre os 35 e os 54 anos; e 255 com mais de 55 anos) e região (230 no Norte, 142 no Centro, 163 em Lisboa, 45 no Alentejo e 26 no Algarve).

Seleção da amostra: A seleção do lar fez-se através da geração aleatória de números de telefone fixo / móvel. No lar a seleção do respondente foi realizada através do método de quotas de género e idade (3 grupos). Foi elaborada uma matriz de quotas por Região (NUTSII), Género e Idade, com base nos dados do Recenseamento Eleitoral da População Portuguesa (31/12/2016) da Direção Geral da Administração Interna (DGAI). Recolha da Informação: A informação foi recolhida através de entrevista telefónica, em total privacidade, através do sistema CATI. O questionário foi elaborado pela INTERCAMPUS e posteriormente aprovado pelo cliente. A INTERCAMPUS conta com uma equipa de profissionais experimentados que conhecem e respeitam as normas de qualidade da empresa. Estiveram envolvidos 19 entrevistadores, devidamente treinados para o efeito, sob a supervisão dos técnicos responsáveis pelo estudo. Os trabalhos de campo decorreram entre 12 e 17 de Dezembro.

Recolha da Informação: A informação foi recolhida através de entrevista telefónica, em total privacidade, através do sistema CATI (Computer Assisted Telephone Interviewing).  O questionário foi elaborado pela INTERCAMPUS e posteriormente aprovado pelo cliente. A INTERCAMPUS conta com uma equipa de profissionais experimentados que conhecem e respeitam as normas de qualidade da empresa. Estiveram envolvidos 19 entrevistadores, devidamente treinados para o efeito, sob a supervisão dos técnicos responsáveis pelo estudo. Os trabalhos de campo decorreram entre 12 e 17 de Dezembro. 

Margem de Erro: O erro máximo de amostragem deste estudo, para um intervalo de confiança de 95%, é de ± 4,0%.

Taxa de Resposta: A taxa de resposta obtida neste estudo foi de: 64,7%.

Ver comentários
Saber mais Benfica futebol José Mourinho Jorge Jesus Seleção Nacional Euro2020
Mais lidas
Outras Notícias