Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sporting não paga juros dos VMOC este ano

A SAD do Sporting comunicou esta manhã à CMVM que não vai pagar o juro de 4% pelos VMOC que emitiu em 2011 e que são detidos pelo BCP e pelo Novo Banco. O clube não remunera estes instrumentos se não tiver lucros para distribuir.

A carregar o vídeo ...
Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 23 de Dezembro de 2016 às 14:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 39
  • ...

O Novo Banco e o BCP não vão ser remunerados pelos 55 milhões de euros de Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) que adquiriram ao Sporting em 2011. Nos primeiros anos após a emissão, os leões pagavam um juro anual de 3,5%, mas depois de, no início do ano, terem garantido o prolongamento da maturidade deste instrumento em 10 anos, até 2026, as condições para o pagamento de juros foram alteradas.

 

A taxa até subiu para 4%, mas os leões apenas se comprometeram a remunerar o investimento dos bancos caso registem lucros para distribuir aos accionistas. E caso os lucros não sejam suficientes para satisfazer o pagamento integral dos juros, o respectivo montante "deverá ser reduzido ao valor dos lucros distribuíveis verificados".

 

Uma vez que, em no exercício 2015/2016, a SAD do Sporting registou prejuízos de 31,9 milhões de euros, a sociedade comunicou esta manhã à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que não vai proceder ao pagamento dos juros aos bancos.

 

Constata-se que "não se verificaram lucros distribuíveis, pelo que não estando preenchida a respectiva condição, não há, por referência à sexta data possível de pagamento de juros, 26 de Dezembro de 2016, lugar ao pagamento dos mesmos", informou a SAD leonina.

 

O prolongamento da maturidade dos VMOC do Sporting, acertado em Janeiro, motivou uma petição assinada por mais de quatro mil pessoas, que foi discutida na Assembleia da República. Bloco de Esquerda e PCP criticaram a forma como os bancos se posicionaram nesta questão.

O Sporting informou entretanto o Negócios de que já juntou três milhões de euros para recomprar estes instrumentos aos bancos.
Ver comentários
Saber mais Sporting Assembleia da República VMOC valores mobiliários CMVM dívida Bruno de Carvalho
Mais lidas
Outras Notícias