Agricultura e Pescas Produtores de leite põem 100 tractores a apoiar a selecção

Produtores de leite põem 100 tractores a apoiar a selecção

Aproximadamente uma centena de tractores de agricultores e produtores de leite “escreveram” o nome “Portugal” num campo de Vila do Conde, numa acção de apoio à selecção portuguesa de futebol, que joga este domingo a final do Euro com a França.
Produtores de leite põem 100 tractores a apoiar a selecção
Rui Neves 08 de julho de 2016 às 17:57

Portugal escrito a tractor. Foi isto mesmo que aconteceu na tarde desta sexta-feira, 8 de Julho, em Vila do Conde, num terreno com 40 mil metros quadrados, junto à estrada nacional 309, na zona de Bagunte.

Uma iniciativa promovida pela Associação os Produtores de Leite de Portugal (Aprolep) e pela Associação de Jovens Agricultores do Distrito do Porto (AJADP), que quis assim deixar "uma mensagem de apoio à selecção nacional de futebol", que joga este domingo a final do Euro com a França.

"Com esta iniciativa, queremos enviar à selecção nacional de futebol uma mensagem de força, orgulho e união. Queremos enviar esta mensagem em nome do Portugal profundo, dos portugueses que, pela distância ou pelo trabalho, não podem ir a Paris nem sequer às praças das cidades com ecrã gigante participar na festa que une a nossa sociedade", sublinham as duas organizações promotoras do evento.

O percurso da selecção nacional constitui, para a Aprolep e a AJADP, "fonte de inspiração na fase difícil que atravessa a produção de leite", sendo os resultados alcançados até ao momento pela selecção "motivo de esperança" de que "também o produto" resultante do seu trabalho, o leite nacional, "seja reconhecido e pago a um preço justo".

As duas organizações aproveitaram também esta oportunidade para agradecer aos portugueses que compram produtos nacionais, que se vê "cada vez mais nas prateleiras dos hipermercados", e também para "recordar que continuamos com preços do leite abaixo dos custos de produção", instando o Governo a intervir "como árbitro mais activo e de um patriotismo solidário de indústria e distribuição".

"Porque não queremos que mais colegas da nossa ‘equipa’ de produção fiquem ‘fora-de-jogo’", concluem, com alguma graça, a Aprolep e a AJADP, em comunicado. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI