Desporto Vieira: "Parabéns ao Sporting, aos seus adeptos e sócios"

Vieira: "Parabéns ao Sporting, aos seus adeptos e sócios"

O presidente do Benfica afirmou hoje que o título de campeão nacional saiu valorizado devido à disputa com o Sporting e destacou que o futebol português ficará a ganhar quando terminar a guerra de palavras.
Vieira: "Parabéns ao Sporting, aos seus adeptos e sócios"
Duarte Roriz
Lusa 16 de maio de 2016 às 20:04

"Parabéns ao Sporting, aos seus adeptos e sócios. Devem ter orgulho pelo que fizeram e pelo que nos obrigaram a fazer. Foi sem dúvida um dos campeonatos mais competitivos dos últimos anos e isso valoriza a Liga. Se a isto pudermos retirar o campeonato das palavras e insinuações todos teremos a ganhar", afirmou Luís Filipe Vieira, que falava durante uma recepção aos tricampeões nacionais no salão nobre da Câmara Municipal de Lisboa, em frente à qual se juntaram alguns milhares de adeptos.

 

O dirigente considerou que o título do Benfica é de "todos", mas destacou o treinador Rui Vitória e a competitividade do campeonato.

 

"Este 'tri' é do Benfica e dos benfiquistas, é a vitória do nós, do juntos, é a vitória do colectivo, de um grupo unido que soube ultrapassar momentos difíceis sem nunca baixar os braços. Abro uma excepção, porque acho merecido, a um homem de carácter, competência e prova de compromisso com o clube, Rui Vitória. Uma palavra de vida ainda para quem tanto valorizou o título, quanto mais forte mais concorrência, melhor para todos", vincou.

 

O dirigente, que destacou a "dedicação, o trabalho e o sacrifício" como as justificações para o sucesso, reiterou que este é um título "global".

 

"Se é verdade que o Benfica nasceu em Lisboa, também é verdade que não festejou só em Lisboa e Portugal. Nunca dividimos o país. O Benfica é do norte, centro e sul, é um clube europeu, africano, americano ou asiático, é um clube dos adeptos e sócios, é global", concluiu.

 

Já Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, destacou o "estatuto especial" dos 'encarnados', após a conquista do tricampeonato.

 

"Parabéns ao Benfica, o campeão voltou e voltou com um estatuto especial. 39 anos depois é a conquista do 'tri', o Benfica ganhou e de que maneira. Bateu o recorde de pontos no campeonato, foi o melhor ataque, teve o melhor goleador, a segunda defesa menos batida. Conseguir superar as dificuldades é o feito deste campeonato. É uma lição de vida, nunca atirar a toalha ao chão e acreditar sempre nas nossas capacidades", sublinhou.

 

O governante não esqueceu o Sporting e a entrada directa na Liga dos Campeões de duas equipas portuguesas.

 

"O Sporting foi um grande adversário, que disputou o campeonato e merece uma palavra de um justo reconhecimento. O campeonato marcou o regresso da rivalidade de Lisboa. A par de Lisboa, só Madrid e Londres têm dois clubes com entrada directa na 'Champions'", finalizou.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI