Mundial 2018 Brasil e Alemanha são os favoritos a ganhar o Mundial

Brasil e Alemanha são os favoritos a ganhar o Mundial

Várias casas de investimento emitiram notas com análises sobre os países favoritos a vencerem o Mundial de 2018. Não há unanimidade. Mas há selecções que se destacam. Brasil e Alemanha são os mais referidos. Portugal só aparece num dos cinco bancos de investimento.
Brasil e Alemanha são os favoritos a ganhar o Mundial
Reuters
Negócios 11 de junho de 2018 às 13:34

O Campeonato do Mundo de Futebol arranca esta quinta-feira, 14 de Junho, e são vários os analistas que estão a lançar as suas apostas para os vencedores desta competição. Há cinco casas de investimento que já publicaram as suas previsões. Não há apostas que reúnam unanimidade, mas há dois países que se destacam.

 

Entre os cinco bancos de investimento (UBS, Goldman Sachs, Nomura, Comerzbank e Danske Bank) o Brasil e a Alemanha são referidos três vezes. França e Espanha surgem duas vezes. E Portugal é referido por apenas uma casa (Goldman Sachs). Os dados foram recolhidos pelo Expansión.

Goldman: Portugal entre os favoritos

O Goldman Sachs é o único que coloca Portugal entre as equipas favoritas. A selecção das quinas, campeã europeia de futebol, surge num leque de quatro países. A compor o leque está o Brasil, França e Alemanha.

 

As previsões do Goldman Sachs baseiam-se num modelo estatístico que combina o histórico de resultados das equipas com a forma actual dos jogadores. Tendo em conta estes cálculos, Brasil é a selecção com maior probabilidade de vencer (18,5%), seguindo-se França (11,3%), Alemanha (10,7%) e Portugal (9,4%).

 

Nomura: Espanha será a campeã

O banco de investimento japonês acredita que a final do Mundial2018 será disputada por Espanha e França. E o Nomura não se fica pelos candidatos. Este banco de investimento diz que o vencedor desta competição será mesmo Espanha.

 

E como é que este banco de investimento chega a esta conclusão? "Além de analisar os resultados recentes [das selecções], temos de ter em conta o momento de forma das equipas e a distribuição de valor de cada selecção", explica o Nomura, citado pelo Expansión. O valor da selecção espanhola ascende a 1.035 milhões de euros.

 

O Nomura identifica três "equipas refúgio": França, Brasil e Espanha; três equipas surpresa: Polónia, Uruguai e Dinamarca; e duas grandes potenciais surpresas: Senegal e Perú.

 

UBS: Alemanha é o grande favorita

O banco de investimento suíço considera que a Alemanha é a selecção com maior probabilidade de vencer o Mundial na Rússia. A seguir surge o Brasil e, em terceiro, Espanha.

 

Comerzbank aposta numa vitória "caseira"

O alemão Comerzbank é directo. O vencedor será a Alemanha.

 

Danske Bank: Brasil será o vencedor

O banco de investimento dinamarquês, Danske Bank, considera que o grande favorito é o Brasil.

 




pub