Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Anacom recebeu 1.549 reclamações na primeira semana de abril

A suspensão e cancelamento dos contratos sem penalizações liderou as preocupações manifestadas pelos utilizadores.

Bloomberg
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 17 de Abril de 2020 às 13:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Na primeira semana de abril a Anacom recebeu 1.549 reclamações, um aumento de 14% face aos sete dias anteriores. Do total das queixas, 64% foram relacionadas com serviços de telecomunicações, um aumento de 4% face à semana anterior, e as restantes com serviços postais.

A suspensão e cancelamento dos contratos sem penalizações liderou as preocupações manifestadas pelos utilizadores no período de 4 a 10 de abril no que toca aos serviços de comunicações.

O regulador detalha que estas manifestações estão associadas "às dificuldades económicas sentidas quer por utilizadores residenciais quer por utilizadores empresariais decorrentes do estado de emergência nacional".

No dia 8 de abril o Parlamento aprovou as medidas propostas pelo PCP e Bloco de Esquerda para suspender os cortes de serviços essenciais, incluindo as telecomunicações, enquanto durar a crise da covid-19.

Do total de reclamações relativas ao setor de telecomunicações "36% respeitam à Meo, 34% à Vodafone, 25% à Nos e 4% à Nowo".

Quanto aos serviços postais, as reclamações aumentaram 38% face à semana anterior e estão relacionadas "com atrasos na entrega, falta de tentativa de entrega ao domicílio e falhas na distribuição, em particular no que respeita à entrega de encomendas, consequência também da maior utilização e dependência destes serviços no período que vivemos", aponta a entidade liderada por Cadete de Matos.

Ver comentários
Saber mais Anacom telecomunicações
Outras Notícias