Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Remuneração de administradores da dona da TVI caiu 10% em 2016

A dona da TVI vai distribuir dividendos no montante de 17,7 milhões de euros, 92,2% dos lucros. A proposta representa um aumento face aos 19 cêntimos por acção pagos em 2015.

Sara Matos/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 15 de Março de 2017 às 12:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A remuneração dos administradores da Media Capital ascendeu a 663 mil euros no ano passado. Um valor que representa uma queda de 10,2% face aos 739,9 mil euros pagos em salários aos membros do conselho de administração da dona da TVI em 2015, de acordo com as informações divulgada pelo grupo de media à CMVM esta quarta-feira, 15 de Março.

O valor total dos ordenados foi distribuído por sete administradores não executivos, três dos quais cessaram funções em Abril, e pela administradora-delegada, Rosa Cullell, que recebeu 375 mil euros de remuneração fixa e 120 mil euros de remuneração variável. Um valor que representa um aumento de 7% no salário fixo e, ao mesmo tempo, uma queda de 15% na vertente variável.

Já Miguel Pais do Amaral encaixou 166 mil euros, um valor menor face aos 209 mil registados em 2015.

O ex-ministro da Economia, António Pires de Lima e Maria del Pilar del Rio Saramago, jornalista e tradutora, receberam 29 mil euros enquanto administradores independentes não executivos da dona da TVI. Durante o exercício de 2016, o conselho de administração do grupo de media "reuniu regularmente cinco vezes no ano, com a participação ou representação de todos os seus membros", de acordo com o relatório de Governo de Sociedade.

Agnés Noguera Borel, administradora da Adolfo Domínguez que tal como Pires de Lima e Maria Pilar del Rio estreou-se nos órgãos sociais da media Capital em Abril do ano passado, também foi remunerada em 29 mil euros.

Desde Janeiro de 2015 que o "board" da Media Capital passou a contar apenas com um administrador executivo (Rosa Cullell), no seguimento da renúncia de Miguel Gil que passou a ser administrador não executivo. Enquanto em 2015 o responsável encaixou 53,7 mil euros de salário fixo ao qual acresceram 78,5 mil euros de remuneração variável, no ano passado recebeu 12,5 mil euros. Este valor é relativo ao período até 7 de Abril de 2016, data em que cessou funções também como não executivo.

Na mesma data, cessaram funções como administradores não executivos Tirso Olazábal e Jaime d'Almeida.

A Media Capital vai propor a distribuição de um dividendo de 0,21 cêntimos por acção, um valor que reflecte uma melhoria de 10,5% face aos 0,19 cêntimos pagos em 2015. No total, a dona da TVI vai distribuir dividendos no montante de 17,7 milhões de euros, 92,2% dos lucros.

A Media Capital fechou 2016 com um resultado líquido de 19,1 milhões de euros, o que representa um crescimento de 10% face ao ano anterior, com a empresa que controla a TVI a beneficiar com o aumento das receitas com publicidade nos vários segmentos de negócio.

Ver comentários
Saber mais Media Capital TVI Rosa Cullell Miguel Pais do Amaral António Pires de Lima Maria Pilardel rio remuneração conselho de administração
Outras Notícias