Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Caso Kweku Adoboli: UBS multado em 29,7 milhões de libras pelo regulador britânico

Já o regulador suíço pondera obrigar o banco a aumentar os níveis de capital em operações de risco e proibir a sua unidade de banca de investimento de fazer aquisições.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 26 de Novembro de 2012 às 09:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O caso Kweku Adoboli (na foto) continua a dar que falar. O trader do banco suíço foi condenado a sete anos de prisão devido a uma das maiores fraudes na história da banca britânica: negociações não autorizadas geraram perdas de 2,3 mil milhões de dólares.

Agora é a vez do banco suíço ser também "condenado" pela fraude cometida pelo seu antigo colaborador. O regulador britânico (FSA) multou o UBS em 29,7 milhões de libras, cerca de 36,7 milhões de euros, afirmando que "as falhas ocorridas revelaram fraquezas muito graves no sistema de gestão e controlo interno" do banco.

"O UBS não questionou o aumento de receitas e não garantiu a existência de um correspondente aumento dos sistemas de controlo. Desta forma, Adoboli, um trader relativamente jovem, foi capaz de assumir vastas e arriscadas posições de mercado, sem que o UBS fosse capaz de gerir o risco" destas operações "da forma mais correcta". "Pela nossa experiência, sabemos, que as falhas na gestão de risco podem levar à falência de empresas e causar danos sistémicos", disse Tracey McDermott, directora da área de crime financeiro da FSA, citada pela Bloomberg.

Esta poderá não ser a única condenação do banco suíço. O regulador do mercado suíço, a Finma, deverá obrigar o banco a aumentar os níveis de capital em operações de riscos e proibir a sua unidade de banca de investimento de fazer aquisições.
Ver comentários
Saber mais Kweku Adoboli UBS FSA Finma
Outras Notícias