Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Accionistas da Benfica SAD aprovam hipoteca à CGD do centro de estágio no Seixal

Os accionistas da Benfica SAD aprovaram hipotecar o direito de superfície do centro de estágio no Seixal, por forma a servir de garantia a um empréstimo de 16 milhões de euros a conceder pela Caixa Geral de Depósitos, revelou a entidade em comunicado à Co

Negócios negocios@negocios.pt 17 de Julho de 2007 às 19:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os accionistas da Benfica SAD aprovaram hipotecar o direito de superfície do centro de estágio no Seixal, por forma a servir de garantia a um empréstimo de 16 milhões de euros a conceder pela Caixa Geral de Depósitos, revelou a entidade em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Segundo a mesma fonte, a Assembleia Geral desta Sociedade, reunida em 2ª convocatória, no passado dia 12 de Julho de 2007, deliberou por unanimidade quatro pontos.

No primeiro ponto, a deliberação já tomada pelo Conselho de Administração, relativa à aquisição, por parte do clube, do direito de superfície sobre os lotes onde está o centro de estágio do clube, no Seixal.

De acordo com o código civil, o direito de superfície consiste "na faculdade de construir ou manter, perpétua ou temporariamente, uma obra em terreno alheio, ou nele fazer ou manter plantações".

Os accionistas aprovaram também, a favor da Caixa Geral do Depósitos, uma hipoteca de primeiro grau dos direito de superfície dos lotes do centro de estágio, para garantia de reembolso de financiamento a conceder por aquela instituição de crédito até ao montante 16 milhões de euros.

A instituição financeira estatal é principal patrocinadora do centro de estágio do Benfica, tendo inclusive o "naming" da infra-estrutura, agora denominado "Caixa Futebol Campus".

Não é inédito este procedimento no Benfica de hipotecar activos para contrair empréstimos bancários. O próprio Estádio da Luz está também hipotecado junto de uma série de bancos.

Ver comentários
Outras Notícias