Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Accionistas da PT aprovam «share buyback» de até 10% do capital

A Assembleia Geral da Portugal Telecom aprovou um programa de recompra de acções próprias até ao limite de 10% do capital, tendo também sido aprovado a possibilidade de reduzir o capital social até ao mesmo valor.

Negócios 29 de Abril de 2005 às 19:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Assembleia Geral da Portugal Telecom aprovou um programa de recompra de acções próprias até ao limite de 10% do capital, tendo também sido aprovado a possibilidade de reduzir o capital social até ao mesmo valor.

O Conselho de administração foi autoridade hoje em AG a adquirir até um máximo de 10% do capital em acções próprias. Os accionistas aprovaram também a possibilidade de reduzir o capital da PT até aos mesmos 10%, isto apesar de a PT ter anunciado um programa de recompra de acções com cancelamento das mesmas de apenas 3% para este ano.

E falta ainda realizar o cancelamento de mais 3% referente ao programa de acções próprias do ano passado, que estão em «equity swap». Na AG de hoje foi então aprovada uma redução de capital até 116.648.505 euros.

A PT tinha anunciado a intenção de fazer um «share buyback» de apenas 3% do capital, mas optou por pedir aos accionistas autorização para comprar até 10%, não querendo isto dizer que o vá realizar.

Dividendo a partir de 27 de Maio

NA AG de hoje foi também aprovado o pagamento de um dividendo bruto de 0,35 euros por acção, que estará a pagamento para os accionistas a 27 de Maio.

Assim, as acções da PT negoceiam pela última vez com direito ao dividendo a 23 de Maio, negociando em «ex-dividendo» a partir de 24 de Maio.

As acções da PT fecharam a descer 0,58% para os 8,50 euros.

Ver comentários
Outras Notícias