Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Bear Stearns recuam com especulação de insolvência

As acções da Bear Stearns recuaram 14%, em Nova Iorque, a maior descida desde o "crash" dos mercados bolsistas de 1987, com a especulação de que a empresa não disponha de capital.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 10 de Março de 2008 às 16:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Bear Stearns recuaram 14%, em Nova Iorque, a maior descida desde o "crash" dos mercados bolsistas de 1987, com a especulação de que a empresa não disponha de capital.

As acções da empresa seguiam em queda de 10,93% para os 62,42 dólares, depois de já terem chegado a "deslizar" 14,01% para os 60,26 dólares.

"Há um rumor de insolvência e preocupações com a liquidez, um receio de que eles simplesmente não tenham dinheiro", referiu Michael Mainwald, responsável pela área de "equity" na Lek Securities, citado pela agência Bloomberg. O mesmo responsável acrescentou que "já haviam surgido rumores do mesmo nas últimas semanas ou na semana passada".

Russell Sherman, porta-voz da Bear Stearns em Nova Iorque, ainda não comentou esta notícia.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias