Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da EDP superam os 2,20 euros pela primeira vez desde Junho de 2002

As acções da EDP superaram o limiar dos 2,20 euros, pela primeira vez desde Junho de 2002, depois de uma valorização máxima de 1,38%. Os analistas dizem que um acordo entre a eléctrica nacional, a ENI e a Unión Fenosa faz sentido, mas não nos próximos doi

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 10 de Fevereiro de 2004 às 13:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

De acordo com Filipe Garcia, analista técnico da IMF - Informação de Mercados Financeiros, a eléctrica está com um “outlook” positivo e “a próxima resistência técnica, a curto prazo, da EDP é os 2,22 euros”, valor de Junho de 2002.

Segundo este especialista, se a eléctrica nacional “ultrapassar este nível, fica com o caminho aberto para a casa do 2,35 euros”, embora este limiar não deverá ser atingido de uma forma imediata.

A casa destaca o nível de liquidez da empresa, que faz com que “o movimento de recuperação seja relevante”.

As acções da EDP negociavam em subida de 0,46% para 2,19 euros, com 7,13 milhões de acções movimentadas, contra a média diária de 5,8 milhões de títulos dos últimos 12 meses. Em Espanha, os títulos da Unión Fenosa cresciam 0,71% a marcar 15,69 euros.

Ver comentários
Outras Notícias