Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Impresa sobem mais de 5% com possibilidade de reforçar na SIC

As acções da Impresa atingiram hoje uma valorização máxima de 5,13%, depois da empresa ter ontem anunciado que iniciou negociações com o Banco BPI, com vista a comprar a posição de 41,366% que banco detém no capital da SIC.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 12 de Novembro de 2004 às 08:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As acções da Impresa atingiram hoje uma valorização máxima de 5,13%, depois da empresa ter ontem anunciado que iniciou negociações com o Banco BPI, com vista a comprar a posição de 41,366% que banco detém no capital da SIC.

Os títulos da empresa liderada por Pinto Balsemão valorizavam 4,91% para os 4,70 euros, depois de terem chegado a cotar nos 4,71 euros. Caso esta operação se concretize, a companhia de Pinto de Balsemão poderá subir a participação na estação de televisão para mais de 90%.

A Impresa, através da sua participada Soincom, controla já 51% do capital da SIC, que é o seu activo mais valioso. Os restantes cerca de 8% estão na posse de pequenos accionistas.

O BPI tinha reforçado a sua posição no capital da SIC em Novembro do ano passado, comprando os 15% detidos pelos brasileiros da Globo por um total de 20 milhões de euros.

Tendo por base o preço deste negócio, os 41,366% que o BPI tem agora na SIC estão avaliados em 55 milhões de euros e a totalidade do capital da estação de televisão em 133 milhões de euros. Contudo, na altura da realização deste negócio, os analistas avaliavam a SIC em valores muito superiores e afirmaram que o BPI fez um bom negócio.

Há um ano atrás a Espírito Santo Research avaliou a SIC em 361 milhões de euros. Tendo em conta este preço os 41,3% detidos pelo BPI podem render ao banco um encaixe de cerca de 150 milhões de euros.

A Impresa, caso passe a controlar mais de 90% da SIC, pode assim reflectir nos seus resultados os lucros da SIC em maior proporção. A Impresa nos primeiros nove meses do ano, teve lucros de 2,26 milhões de euros, enquanto os resultados líquidos da SIC foram de 12,38 milhões de euros.

O BPI também reagia em alta à possibilidade de realização do negócio, com as suas acções a subirem 0,32% para os 3,17 euros.

Outras Notícias