Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Lafarge afundam 7% após resultados decepcionantes

Os lucros da Lafarge caíram inesperadamente no primeiro semestre, uma vez que a construção na Alemanha diminuiu e os preços subiram em mercados como o Brasil. As acções reagiram com a maior queda de quase dois anos.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 08 de Setembro de 2005 às 09:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os lucros da Lafarge caíram inesperadamente no primeiro semestre, uma vez que a construção na Alemanha diminuiu e os preços subiram em mercados como o Brasil. As acções reagiram com a maior queda de quase dois anos.

Os resultados líquidos da maior cimenteira do mundo, que é accionista da Cimpor, deslizaram 18% para os 359 milhões de euros, contra 436 milhões de euros de igual período do ano anterior, disse o presidente executivo da empresa, Bernard kasriel em «conference call» com analistas.

Os especialistas consultados pela agência noticiosa norte-americana esperavam uma subida nos lucros para os 457 milhões de euros.

«Permanecemos preocupados com contínua e mais forte deterioração do mercado de construção alemão», disse o mesmo responsável. As estimativas de subida nos lucros operacionais anuais ficarão agora situadas no intervalo mais pequeno entre 6 a 8%.

Os lucros da empresa estão a ser prejudicados uma vez que o declínio no scetor da construção alemão que já dura há uma década está a retrair a procura por produtos como materiais de coberturas. A concorrência ao nível dos preços nos mercados como o Brasil, Malásia e Coreia do Sul também prejudicaram os lucros no negócio de cimento em França.

As vendas aumentaram 6,3% para os 7,22 mil milhões de euros impulsionadas pela procura nos EUA.

As acções da Lafarge seguiam a cair 6,95% para os 72,75 euros depois de caíram mais de 7%, o máximo em quase dois anos. Essa queda reduziu o ganho anual deste ano para 2,8% e reduziu a capitalização bolsista da empresa para os 12,8 mil milhões de euros.

Ver comentários
Outras Notícias