Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções dos EUA caem com resultados e subida do petróleo

As acções americanas fecharam em queda, depois da FedEx ter anunciado uma projecção de lucros para 2005 abaixo do esperado e dos resultados da Morgan Stanley terem desiludido os especialistas, num dia em que petróleo subiu mais de 3%. O Nasdaq caiu 1,85%

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 22 de Setembro de 2004 às 21:21
  • Partilhar artigo
  • ...

As acções americanas fecharam em queda, depois da FedEx ter anunciado uma projecção de lucros para 2005 abaixo do esperado e dos resultados da Morgan Stanley terem desiludido os especialistas, num dia em que petróleo subiu mais de 3%. O Nasdaq caiu 1,85% e o Dow Jones cedeu 1,33%.

O Dow Jones [indu] terminou nos 10.109,18 pontos, enquanto o Nasdaq [ccmp] fixou-se nos 1.885,71 pontos.

Os inventários do crude caíram em 9,1 milhões de barris, ou 3,3%, para os 269,5 milhões de barris, anunciou hoje o Departamento de Energia dos Estados Unidos da América. Esta queda foi maior do que o esperado pelos analistas consultados pela Bloomberg já que estes apontavam para uma diminuição em sete milhões de barris.

O «brent» [cl1] subia 3,55% para os 44,93 dólares (36,63 euros) em Londres.

A Morgan Stanley anunciou hoje, antes da abertura do mercado, que os resultados do terceiro trimestre fiscal caíram 34% devido a uma quebra nas comissões de intermediação financeira de acções e obrigações. Os números ficaram abaixo do esperado pelos analistas.

Os lucros para o período terminado em 30 de Agosto atingiram os 837 milhões de dólares (678,5 milhões de euros), ou 76 cêntimos por acção, valor que compara com os 1,27 mil milhões de dólares (mil milhões de euros), ou 1,15 dólares por acção, no período homólogo.

Os 18 analistas consultados pela Thomson Financial previam, em média, que o resultado líquido se situasse nos 1,08 mil milhões de dólares (875 milhões de euros), ou 95 cêntimos por acção. Os títulos do banco de investimento afundaram 6,95 para os 48,74 dólares (39,74 euros).

A FedEx anunciou que mais que duplicou os lucros do primeiro trimestre fiscal, devido ao aumento das entregas aéreas internacionais. Os resultados líquidos do primeiro trimestre fiscal ascenderam a 330 milhões de dólares face a 128 milhões de dólares arrecadados em período homólogo, anunciou a empresa em comunicado.

Estes resultados ficaram em linha com as previsões dos analistas consultados pela Thomson Financial. No entanto, a empresa revelou que, para o ano, espera um lucro por acção entre 4,40 dólares e 4,60 dólares, quando os analistas previam um valor de 4,61 dólares. As acções recuaram 3,93%.

Ver comentários
Outras Notícias