Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ACS e Dragados prevêem fusão ainda este ano

As construtoras espanholas ACS e Dragados, que controla 45% da portuguesa Sopol, deverão fusionar-se ainda este ano, gerando o maior grupo do sector na Península Ibérica.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 18 de Fevereiro de 2003 às 10:14
  • Partilhar artigo
  • ...
As construtoras espanholas ACS e Dragados, que controla 45% da portuguesa Sopol, deverão fusionar-se ainda este ano, gerando o maior grupo do sector na Península Ibérica.

A construtora Dragados, que em Portugal detém 45% da Sopol e 10% da A.Silva & Silva, deverá estar fusionada com a sua congénere ACS entre os finais de 2003 e o início de 2004, avançou hoje a imprensa espanhola.

De acordo com a agência EFE, no folheto da OPA que a ACS hoje apresentou sobre 10% da Dragados, a primeira afirma a sua intenção de propôr «o início de estudos preliminares necessários para a possível fusão de ambas». No mesmo documento afirma-se ainda que a mesma fusão «poderá materializar-se dentro do presente exercício ou, na sua impossibilidade, nos primeiros meses de 2004».

Caso ocorra tal fusão, surgirá o maior grupo construtor de Espanha, logo da Península Ibérica. A mesma união potenciará, de acordo com a análise da Ibersecurities, sinergias no valor de 98 milhões de euros ao ano, com uma estimativa de vendas no valor de 10,9 mil milhões de euros, 966,6 milhões de euros de EBITDA e 494,5 milhões de euros em resultados líquidos.

A ACS, que após a OPA passará a controlar 33,5% do capital da Dragados, justificou parcialmente o lançamento daquela operação pelo facto de correrem no mercado «persistentes rumores sobre o lançamento por um terceiro de uma OPA sobre Dragados».

A OPA agora lançada oferece um valor de 22,22 euros por acção da Dragados, tendo a ACS que desembolsar 383 milhões de euros. Desde Abril passado que a ACS detém 23,5% da Dragados.

Ver comentários
Outras Notícias