Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Adidas transfere encomendas para outra fábrica após greve na China

Greve em fábrica de calçado na China dura há mais de 10 dias. Adidas quer “minimizar o impacto” da mesma nas suas operações.

Bloomberg
Negócios 24 de Abril de 2014 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A Adidas anunciou que irá deslocalizar para outros fornecedores algumas das encomendas que tinha feito a uma fábrica de calçado no sul da China, que tem estado no centro de uma das maiores greves do país.

 

"A fim de minimizar o impacto nas nossas operações , estamos a realocar algumas das encomendas inicialmente atribuídas à Yue Yuen Dongguan para outros fornecedores ", informou à Reuters um porta-voz da Adidas.

 

Contactado pela agência Reuters, o director executivo da fábrica, que produz para outras marcas como a Nike,  não quis comentar a decisão da Adidas nem adiantou se outros clientes estavam a tomar medidas semelhantes.

 

A decisão da Adidas levou cerca de 20 manifestantes ligados a organizações trabalhistas a protestar, esta manhã, em frente à sede da marca em Hong Kong. O grupo pediu à empresa que não cortasse a sua relação com a fábrica, de modo a ajudar na melhoria das condições de trabalho dos mais de 30 mil trabalhadores em greve.

Ver comentários
Saber mais Adidas China Yue Yuen Dongguan Reuters Nike economia negócios e finanças Informação sobre empresas sapatilhas calçado
Mais lidas
Outras Notícias