Banca & Finanças Administradores da Allianz saem do BPI

Administradores da Allianz saem do BPI

Na sequência da venda da posição da Allianz no BPI ao CaixaBank, os dois administradores que estavam no banco a representar a companhia de seguros já anunciaram a sua renúncia.
Administradores da Allianz saem do BPI
Ricardo Castelo
Negócios 10 de maio de 2018 às 18:35

Na sequência da aquisição pelo CaixaBank, à sociedade do grupo Allianz, de acções representativas de 8,425% do capital social do Banco BPI, dois administradores do grupo segurador alemão apresentaram esta quinta-feira a sua renúncia aos cargos no "board" do banco liderado por Pablo Forero (na foto).

 

Vicente Tardio Barutel apresentou a sua renúncia ao cargo de vogal do conselho de administração do BPI e de membro da comissão de auditoria e controlo interno.

 

Por seu lado, Carla Sofia Bambulo, indicada pela Allianz Europe, apresentou a renúncia ao cargo de vogal do conselho de administração do Banco BPI e ao cargo de membro da comissão de riscos, refere o comunicado divulgado junto da CMVM.

 

O CaixaBank comprou ao grupo Allianz mais 8% do capital do BPI por quase 178 milhões de euros. Esta operação pôs fim a uma parceria accionista que tinha mais de 20 anos. Mas não marcou o fim da relação entre as duas instituições.

 

O grupo Allianz emitiu um comunicado no dia 6 de Maio, onde explicou que chegou a acordo para vender esta participação e, ao mesmo tempo, acordou com o CaixaBank "reorganizar a parceria de negócio através do Banco BPI em Portugal, com o objectivo de manter e fortalecer a cooperação na distribuição de seguros."




pub

Marketing Automation certified by E-GOI