Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AG do BCP começa com 46,7% do capital presente

A reunião de accionistas do BCP, destinada a aprovar as contas e a reeleger Nuno Amado para presidente, teve início com 46,7% do capital. Uma das novidades desta assembleia-geral será a nomeação de um novo administrador executivo, José Miguel Pessanha.

Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago mjgago@negocios.pt 11 de Maio de 2015 às 15:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

A assembleia-geral de accionistas do BCP, agendada para esta segunda-feira, 11 de Maio, teve início com a presença de 46,7% do capital representado, adiantou fonte oficial do banco. O encontro destina-se a aprovar as contas anuais de 2014, em que o banco registou prejuízos de 217,9 milhões, e a eleger os órgãos sociais para os próximos três anos.

 

O encontro deverá aprovar a nomeação de Nuno Amado como líder executivo do banco por mais três anos. Ao nível da equipa de gestão executiva a única novidade é a entrada de José Miguel Pessanha, que vai ficar responsável pelo pelouro de gestão do risco, área até aqui acumulada por outro administrador. De saída está Luís Pereira Coutinho.

 

Na equipa não executiva, António Monteiro irá manter-se como presidente, assim como os restantes elementos, entrando Cidália Maria Mota Lopes para integrar a comissão de auditoria.

Na reunião desta segunda-feira, será ainda aprovada a operação de troca de dívida subordinada por acções, que vai levar o BCP a realizar um aumento de capital no valor máximo de 428 milhões de euros. Esta oferta pública de troca deverá permitir ao banco reforçar o rácio de solidez mais exigente para 10,6%, face aos 9,9% registados no final de Março. 

(Correcção: Onde se lia João Miguel Pessanha deve ler-se José Miguel Pessanha)

Ver comentários
Saber mais BCP AG Nuno Amado
Mais lidas
Outras Notícias