Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ahold focada em vender 49% da JMR em 2008

A companhia holandesa Ahold, dona de 49% da Jerónimo Martins retalho (JMR), vai focar-se em alienar a posição na participada a 51% da Jerónimo Martins este ano, disse hoje John Rishton, presidente executivo da Ahold, em conferência de analistas após a apr

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 06 de Março de 2008 às 15:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A companhia holandesa Ahold, dona de 49% da Jerónimo Martins retalho (JMR), vai focar-se em alienar a posição na participada a 51% da Jerónimo Martins este ano, disse hoje John Rishton, presidente executivo da Ahold, em conferência de analistas após a apresentação de resultados.

Na apresentação hoje realizada, o presidente da Ahold enumerou os desinvestimentos já concretizados pela companhia holandesa, como activos polacos e alguns nos EUA, e enumerou a JMR como prioridade a seguir.

No âmbito do "port-folio" de desinvestimentos que a Ahold enumerou em Novembro de 2006, "estamos confiantes que vamos vender a JMR este ano", afirmou, escusando-se contudo em adiantar prazos.

Em conferência de imprensa realizada na passada semana para divulgar os resultados de 2007, Luís Palha da Silva, presidente executivo da JM afirmou que "não têm havido desenvolvimentos especiais" em, relação à anunciada saída da Ahold da JMR e que a holandesa se mantinha "completamente envolvida" na estratégia da JMR.

A companhia holandesa terminou o ano com lucros consolidados de 2,9 mil milhões de euros, mais dois mil milhões de euros do que no ano passado, a beneficiar dos desinvestimentos realizados na distribuição alimentar nos EUA e no retalho polaco. As vendas subiram 1,25, para 28, 2 mil milhões de euros.

As acções da Ahold subiam agora 3,175, para 9,12 euros, enquanto as da Jm [JMAR] avançavam 1,54%, para 4,9 euros.  

Outras Notícias