Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ahold inflacionou resultados de filial norte-americana em 768 milhões

A Royal Ahold, parceria da distribuidora nacional Jerónimo Martins, reviu em alta o erro contabilístico registado na sua cadeia norte-americana, Tops Supermarkets, nos últimos três anos, para 909 milhões de dólares (768,6 milhões de euros).

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 26 de Maio de 2003 às 13:36
  • Partilhar artigo
  • ...
A Royal Ahold, parceria da distribuidora nacional Jerónimo Martins, reviu em alta o erro contabilístico registado na sua cadeia norte-americana, Tops Supermarkets, nos últimos três anos, para 909 milhões de dólares (768,6 milhões de euros), divulgou a empresa.

A Ahold encontrou «erros intencionais na contabilidade» na sua cadeia de supermercados, Tops Supermarkets, segundo a mesma fonte.

O presidente executivo da unidade norte-americana Foodservice, da Ahold, pediu a sua demissão. Jim Miller sai da unidade Foodservice em plena investigação sobre a inflação de lucros admitida pela Ahold.

O conselho de supervisão da Ahold reuniu-se antes da primeira assembleia geral de accionistas após o grupo ter divulgado que apresentou um lucro inflacionado. Foi discutido quem deve tomar a responsabilidade pelo escândalo contabilístico.

A Ahold seguia cair 1,09%, para os 6,38 euros.

Ver comentários
Outras Notícias