Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ahold reduz previsões de vendas devido ao aumento de concorrência nos EUA

A Royal Ahold, que detém 49% da Jerónimo Martins Retalho, reduziu as suas previsões de vendas anuais devido ao aumento de concorrência nos EUA. As acções desvalorizaram um máximo de 5,3%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 29 de Março de 2006 às 14:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Royal Ahold, que detém 49% da Jerónimo Martins Retalho, reduziu as suas previsões de vendas anuais devido ao aumento de concorrência nos EUA. As acções desvalorizaram um máximo de 5,3%.

A retalhista holandesa, que detém cadeias como a Stop & Shop, diz que as vendas nos seus supermercados vão crescer 2,5% este ano, o que representa metade do crescimento previsto em Novembro. Os lucros da Royal Ahold caíram 86% para os 108 milhões de euros no quarto trimestre, anunciou hoje a empresa.

O presidente executivo Anders Moberg disse que vai baixar os preços e introduzir mais produtos da sua marca na Stop & Shop e nas lojas Giant-Landover e acelerar a redução de custos. A empresa está a perder quota de mercado para retalhistas como a Wal-Mart Stores. A Ahold faz cerca de 70% das suas vendas nos EUA.

O presidente da retalhista também reduziu o seu alvo para a margem operacional anual de 5% para entre 4 e 4,5%.

As acções da Ahold [ah]seguiam a cair 3,71% para os 6,74 euros.

Outras Notícias