Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Air Madrid suspende pagamentos a credores

A companhia aérea espanhola Air Madrid, que encerrou a sua actividade na passada semana antes que o Governo suspendesse a sua licença de voo por deficiências de funcionamento, declarou a suspensão de pagamentos a fornecedores e credores, segundo a imprens

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 22 de Dezembro de 2006 às 09:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A companhia aérea espanhola Air Madrid, que encerrou a sua actividade na passada semana antes que o Governo suspendesse a sua licença de voo por deficiências de funcionamento, declarou a suspensão de pagamentos a fornecedores e credores, segundo a imprensa local. O ministério do Fomento espanhol já concluiu o plano de emergência para a "low cost".

De acordo com agências noticiosas espanhola, o objectivo da Air Madrid em suspender os pagamentos face à justiça espanhola é de "tentar solucionar o problema" que gerou a interrupção da sua actividade, facto que a companhia aérea atribui ao ministério do Fomento.

A justiça espanhola deverá pronunciar-se nos próximo dias sobre se admite ou não esta intenção da transportadora aérea.

A Air Madrid suspendeu sexta-feira passada a sua actividade, três meses depois da Direcção Geral de Aviação Civil (DGAC) de Espanha, dependente do ministério do Fomento, abrir uma investigação por alegadas deficiências de funcionamento e manutenção. A decisão antecipou-se à própria decisão do Governo espanhol, proferida no sábado, de suspender as actividades da companhia de voos de baixo custo.

O ministério do Fomento tem em curso um projecto de reencaminhamento dos passageiros da suspensa Air Madrid, apontando os jornais espanhóis que já 5. 400 pessoas beneficiaram do mesmo.

O dispositivo de emergência constituiu fretar 16 aviões para transporte de passageiros, na sua maioria com destino à América Latina.

Ver comentários
Outras Notícias