Start-ups Airbnb “pisca o olho” à China para chegar aos lucros

Airbnb “pisca o olho” à China para chegar aos lucros

A Airbnb está a focar a sua atenção para o mercado chinês depois da procura por este serviço ter aumento em oito dígitos. A Airbnb terá uma avaliação superior a 25 mil milhões de dólares e procura atingir lucros.
Airbnb “pisca o olho” à China para chegar aos lucros
Bloomberg
Ana Laranjeiro 25 de janeiro de 2016 às 11:47

A start-up norte-americana Airbnb está a "piscar o olho" ao mercado chinês. Objectivo? Chegar aos lucros em 2016. Esta empresa é considerada um unicórnio (denominação atribuída a start-ups que têm um avaliação de mil milhões de dólares ou mais) e, de acordo com a revista Wired, a Airbnb fechou em Junho uma ronda de financiamento no valor de 1,5 mil milhões de dólares, o que lhe confere uma avaliação superior a 25 mil milhões de dólares. Mas, tal como muitas outras start-ups unicórnio, precisa de lucros.

Em declarações ao Financial Times, Nathan Blecharczyk (na foto), co-fundador e director de tecnologia, assume que a empresa está a focar-se no mercado chinês depois da procura na China pelo serviço ter aumentado em oito dígitos. "Temos feito grupos de foco e muitos viajantes chineses estão a ir para o estrangeiro pela primeira ou segunda vez", afirmou.

"Não há a noção pré-concebida se [ficar em hotéis ou com o Airbnb] é melhor… É isso que faz da China uma oportunidade tão grande", acrescentou, segundo o jornal inglês.


Nathan Blecharczyk assinalou ainda que "assistimos a um aumento de 700%" na China ano a ano, algo que pode ser considerado "enorme mesmo para os nossos padrões".


Mas a Airbnb não está apenas voltada para o mercado chinês para fazer crescer as suas receitas. Os consumidores mais jovens estão também no foco da start-up norte-americana. "A geração milénio tem um ‘smartphone’ e é muito independente", disse ao FT. "Querem conhecer pessoas. Querem tirar selfies com elas. É uma mentalidade para viajar muito diferente", acrescentou.

A Airbnb realizou 35 milhões de reservas em 2015, de acordo com o co-fundador. Esta plataforma de aluguer de habitações para férias está presente em mais de 33 mil cidades mundiais e 192 países.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI