Aviação Airbus admite falhas nos novos aviões da TAP

Airbus admite falhas nos novos aviões da TAP

A fabricante europeia de aeronaves explicou, numa carta, que gotas de óleo libertadas no arranque do motor e o sistema de ar condicionado estão na origem dos cheiros estranhos que têm sido detetados nos aviões.
Airbus admite falhas nos novos aviões da TAP
Negócios 15 de julho de 2019 às 09:23

A Airbus, fabricante dos novos aviões A330 Neo, comprados pela TAP, admitiu numa carta que há problemas com as aeronaves.

A carta, enviada à TAP a 7 de junho, e a que o Jornal de Notícias teve acesso, refere que pequenas gotas de óleo libertadas no arranque do motor e o sistema de ar condicionado estão na origem dos cheiros estranhos que têm sido detetados nos aviões.

Sobre o mal-estar reportado pelos tripulantes, e que tem implicado tonturas, vómitos e enjoos, entre outros sintomas, a fabricante continua sem dar uma explicação.

"Foram reportados dois efeitos diferentes: cheiros pouco comuns e sintomas de desconforto, não havendo uma correlação entre os dois fatores", diz a Airbus, na carta citada pelo JN. "Na fase de testes de voo, identificámos que o arranque do motor poderia gerar odores na cabina", refere ainda, acrescentando que, numa utilização contínua superior a 100 segundos "algumas gotas de óleo poderiam ser libertadas no compressor de alta pressão".

Ao JN, a fabricante europeia de aeronaves garantiu que foi formada uma task force e que já estão em curso investigações técnicas, ao mesmo tempo que são adotadas soluções mitigadoras.

A TAP garantiu na passada quinta-feira que os testes efetuados nos novos A330 Neo não encontraram "a bordo quaisquer substâncias que possam constituir um perigo para a saúde dos tripulantes e dos passageiros", nem "registo de insuficiência de oxigénio".

Numa carta enviada aos tripulantes, a que a Lusa teve acesso, a companhia aérea informou que tem estado a monitorizar, em conjunto com a fabricante Airbus, as condições dos aparelhos, depois de nos últimos meses terem surgido queixas de tripulantes e passageiros por sentirem náuseas e um odor estranho a bordo.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI