Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Airbus confirma despedimento de 10 mil trabalhadores até 2010

A Airbus, maior construtora aérea do mundo, confirmou esta tarde que vai reduzir em 10 mil o número de postos de trabalho nos próximos quatro anos. A empresa vai ainda vender ou procurar parceiros para algumas das fábricas que detém actualmente.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 28 de Fevereiro de 2007 às 14:51
  • Partilhar artigo
  • ...

A Airbus, maior construtora aérea do mundo, confirmou esta tarde que vai reduzir em 10 mil o número de postos de trabalho nos próximos quatro anos. A empresa vai ainda vender ou procurar parceiros para algumas das fábricas que detém actualmente.

Estas medidas fazem parte do plano de reestruturação da Airbus, o Power8, com o qual a empresa espera por fim à crise financeira provocada pelos atrasos na entrega do novo super avião A380.

Em conferência de imprensa, esta tarde em Toulose, o presidente executivo da Airbus, Louis Gallois confirmou o despedimento de 10 mil trabalhadores da empresa na Europa, noticia que nos últimos dias tinha sido avançada por alguns órgãos de comunicação social. O país mais afectado pelos despedimentos é a França com menos 4.300 postos de trabalho, seguida da Alemanha com 3.700, o Reino Unido com 1.600 e a Espanha com 400.

A Airbus tem actualmente 56.400 trabalhadores nestes quatro países.

O presidente executivo da Airbus revelou também a intenção de diminuir em 2,1 mil milhões de euros até 2010.

Devidos aos atrasos na construção do A380, a EADS – European Aeronautic, Defence & Space, dona da Airbus, vai ter um prejuízo de 4,8 mil milhões de euros nos próximos três anos.

As acções da EADS já caíram mais 3% e seguem agora a recuar 0,67% para os 25,28 euros.

Outras Notícias