Telecomunicações Altice disposta a pagar os dois meses sem futebol se tiver desconto na próxima época

Altice disposta a pagar os dois meses sem futebol se tiver desconto na próxima época

A operadora revelou que está a negociar com alguns clubes pagar os montantes relativos aos dois meses sem futebol. Em troca pede desconto nas mensalidades da próxima época.
Altice  disposta a pagar os dois meses sem futebol se tiver desconto na próxima época
Sérgio Lemos
Sara Ribeiro 21 de maio de 2020 às 11:39

A Altice Portugal garante que está "disponível para retomar" o pagamento dos direitos televisivos aos clubes de futebol, assim que as competições sejam retomadas, o que deverá acontecer no início do próximo mês. A garantia foi dada por Alexandre Fonseca, presidente executivo da operadora, durante uma conferência telefónica com jornalistas.

"A nossa posição é consistente com o que temos vindo a dizer desde o início de abril. Sempre disse que a partir do momento em que as competições regressassem estaríamos disponíveis para retomar os nossos compromissos", disse o gestor da operadora que tem contratos com quatro clubes, entre os quais o FC Porto. 

Porém, segundo Alexandre Fonseca, a Altice Portugal "foi mais longe", e está "disponível para analisar, caso a caso, uma forma de compensar os clubes deste hiato de dois meses em que não houve pagamento". O gestor revelou que já estão em conversações com alguns clubes para avançar com esta solução que "terá como contrapartida o desconto equivalente das mensalidades da próxima época desportiva".

"Queremos fazer parte da solução, mas temos de ser rigorosos. Mas estamos disponíveis para apoiar os clubes que temos patrocinado e que têm passado, tal como as outras indústrias, por momentos difíceis", acrescentou.

Nesse sentido, Alexandre Fonseca revelou ainda que já fizeram propostas a alguns clubes para todos juntos tentarem encontrar uma solução para mitigar o "flagelo da pirataria". E no caso dos clubes que "estejam dispostos a ajudar", a Altice Portugal irá "partilhar as receitas adicionais que daí derivarem".

Quanto ao interesse da Meo em patrocinar a Liga, uma vez que segundo o Record a Nos não estará interessada em renovar o atual contrato de patrocínio, o gestor preferiu não fazer comentários.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI