Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ameaça de deslocalização paira sobre unidades da Visteon em Palmela

A continuidade das duas fábricas da Visteon, em Palmela, está ameaçada, noticiou o «Diário de Notícias».

Negócios negocios@negocios.pt 04 de Maio de 2006 às 09:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A continuidade das duas fábricas da Visteon, em Palmela, está ameaçada, noticiou o «Diário de Notícias».

A direcção da multinacional «não garante que daqui a três meses a Visteon continue presente no mercado português», disse ao DN Nelson Baptista do Sindicato das Indústria Eléctricas do Sul e Ilhas (SIESI) no final de uma reunião com a administração da empresa.

A intervenção do sindicato surgiu após a denúncia de alguns trabalhadores que ficaram «preocupados» com uma visita surpresa de técnicos da Jabil, multinacional congénere que opera em regime de subcontratação para a Visteon na Hungria, que há pouco menos de duas semanas «fotografaram exaustivamente todo o processo produtivo da unidade».

Os trabalhadores temem que a Visteon «deslocalize a produção para a Hungria», adiantou o sindicalista. O DN procurou obter esclarecimentos junto de Dolores Muniz, porta-voz da Visteon para a Península Ibérica, mas até à hora de fecho desta edição, a responsável não tinha ainda respondido às questões colocadas.

A reunião do SIESI com a direcção da Visteon, na terça-feira, «foi pouco esclarecedora» e a «administração deu conta das suas preocupações quanto ao futuro». Segundo Nelson Baptista, não deu garantias de que não «haverá deslocalização e novas reduções de pessoal».

Mais lidas
Outras Notícias