Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

American Express cai mais de 10% com aumento do incumprimento

A American Express seguia a desvalorizar mais de 10% no mercado norte-americano depois da empresa ter divulgado que o incumprimento no pagamento dos créditos aumentou em Janeiro.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2009 às 19:07
  • Partilhar artigo
  • ...
A American Express seguia a desvalorizar mais de 10% no mercado norte-americano depois da empresa ter divulgado que o incumprimento no pagamento dos créditos aumentou em Janeiro.

Os títulos da American Express seguiam a desvalorizar 9,09% para os 14,31 dólares, depois de já terem caído 10,80%, a maior queda dos últimos dois meses.

A empresa divulgou hoje que o incumprimento nos créditos prestados aumentou para os 8,29%, contra os 7% registados em Dezembro.

A American Express anunciou ainda que os pagamentos que já se encontram em atraso de, pelo menos, 30 dias também aumentaram no mês passado. Em Janeiro estas situações cresceram para 5,28%, quando em Dezembro se tinha verificado 4,86%.

“A expectativa era de que a situação não ia ficar tão má, tão depressa, mas está a ficar muito má, muito depressa”, afirmou John Williams, analista na Macquarie Capital.

“Com menos pessoas a ter emprego, menos pessoas podem pagar as suas contas”, acrescentou.

O desemprego nos EUA tem vindo a aumentar o que está a levar a um aumento da dificuldade de pagamento das dívidas dos consumidores. Em Janeiro, a taxa de desemprego atingiu os 7,6%, a maior taxa desde 1992.

A empresa recebeu do Tesouro norte-americano 3,39 mil milhões de dólares (2,65 mil milhões de euros), no mês passado, para aumentar o capital uma vez que o incumprimento dos seus clientes estava a forçar a American Express a aumentar as suas reservas.




Ver comentários
Outras Notícias