Empresas Ampliação do Canal do Panamá inaugurada com mais de um ano de atraso

Ampliação do Canal do Panamá inaugurada com mais de um ano de atraso

Questões laborais e o conflito entre a Sacyr e a Autoridade do Canal do Panamá (ACP) adiaram a inauguração do canal por 20 meses. A nova data está marcada para 26 de Junho.
Ampliação do Canal do Panamá inaugurada com mais de um ano de atraso
Reuters
Ana Luísa Marques 24 de março de 2016 às 11:08

A inauguração do projecto de ampliação do Canal do Panamá estava, inicialmente, prevista para Outubro de 2014. Esta, porém, ainda não teve lugar devido a greves e a um conflito que opôs a Autoridade do Canal do Panamá (ACP) e o consórcio GUPC, liderado pela Sacyr.

Esta quarta-feira, 23 de Março, o administrador da ACP, Jorge Quijano, revelou que a inauguração terá lugar no próximo dia 26 de Junho. "Após realizar alguns testes importantes este fim-de-semana, chegámos à conclusão que a data da inauguração será 26 de Junho deste ano", afirmou Quijano, citado pelo jornal espanhol Expansión.

O presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, revelou, por seu lado, que já está em andamento o protocolo para a cerimónia de inauguração e que já estão a ser enviados convites para os representantes estrangeiros.

O projecto de ampliação foi iniciado em 2007 com um orçamento inicial de 5.250 milhões de dólares (4.689 milhões de euros). A ampliação do canal, que exigiu a construção de várias eclusas, permitirá a passagem dos navios pós-panamax (os maiores do mundo).




pub

Marketing Automation certified by E-GOI