Telecomunicações Anacom: "É incompreensível que as ligações telefónicas não estejam totalmente retomadas"

Anacom: "É incompreensível que as ligações telefónicas não estejam totalmente retomadas"

João Cadete de Matos, presidente da Anacom, diz ser inadmissível que as telecomunicações ainda não estejam repostas nas zonas afectadas pelos incêndios. Mas garante que está a pedir urgência aos operadores e mantém-se no terreno a analisar a situação.
Anacom: "É incompreensível que as ligações telefónicas não estejam totalmente retomadas"
Alexandra Machado 28 de fevereiro de 2018 às 14:50
Há notícias de que as comunicações ainda não estão totalmente repostas para alguns portugueses nas zonas afectadas pelos incêndios. João Cadete de Matos, presidente do regulador, diz ser uma situação inadmissível.

Em conferência de imprensa, João Cadete de Matos deixou o aviso: "é incompreensível que as ligações não estejam totalmente retomadas", o que no seu entender "é uma situação prioritária".

O presidente da Anacom garante que tem pedido aos operadores urgência na reposição das ligações. E garante que está no terreno para ver o que se passa, nomeadamente ao nível de práticas comerciais. 

Também foi comunicado à Anacom dificuldades nos acessos às ofertas grossistas da Meo, mas a Anacom diz que está a pedir esclarecimentos sobre os eventuais problemas. 

Quanto ao grupo de trabalho que visa implementar um sistema de alertas a nível nacional, João Cadete de Matos garante que esse grupo tem tido reuniões, estando a verificar as necessidades técnicas para implementar o sistema.



Saber mais e Alertas
pub