Media Anacom: Fusão com a ERC "não faz sentido"

Anacom: Fusão com a ERC "não faz sentido"

A presidente da Anacom, Fátima Barros, considera que uma eventual fusão com a ERC não faz sentido. Mas sublinha que a Anacom deveria ter mais competências na área dos conteúdos.
Anacom: Fusão com a ERC "não faz sentido"
Bruno Simão/Negócios
Sara Ribeiro 03 de fevereiro de 2016 às 12:47

Para a presidente da Anacom, Fátima Barros, uma eventual fusão com a ERC, regulador do sector dos media, não é a solução mais indicada. Mas reforça a ideia de que o regulador das telecomunicações deveria ter mais competências na área dos conteúdos, que está sob o pelouro da ERC.

"A relação entre a Anacom e a ERC é um assunto que se tornou mais importante no sentido em que há ofertas convergentes. Os conteúdos passaram a ter relevo neste assunto", sublinhou Fátima Barros esta quarta-feira, 3 de Fevereiro, no Parlamento.

"Faria sentido a Anacom ter competência na área dos conteúdos. Contudo, a actuação da ERC não fica pelos conteúdos. Por isso, não creio que faça sentido uma fusão em si, mas sim a Anacom ter mais competências nos conteúdos", defendeu.

"Temos um ecossistema digital onde já não há fronteiras. A Anacom e a ERC têm trabalhado em conjunto por exemplo na TDT. Mas de facto as matérias de conteúdos são inteiramente da competência da ERC".




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI