Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Anacom levanta suspensão da nova oferta de ADSL da PT

A Anacom levantou a suspensão da oferta de retalho de acesso de banda larga (ADSL) do grupo Portugal Telecom, depois da análise dos dados e das informações remetidas quer pelo operador histórico quer pelos novos operadores que reclamavam esmagamento de ma

Bárbara Leite 14 de Novembro de 2003 às 12:42
  • Partilhar artigo
  • ...

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) levantou a suspensão da oferta de retalho de acesso de banda larga (ADSL) do grupo Portugal Telecom, depois da análise dos dados e das informações remetidas quer pelo operador histórico quer pelos novos operadores que reclamavam esmagamento de margens.

No passado dia 29 de Novembro, à noite, o regulador das telecomunicações encaminhou um documento à PT, impondo a suspensão da nova oferta de ADSL que o grupo pretendia lançar no mercado no dia seguinte. Pediu 10 dias para analisar todos os dados, depois de ter tido nesse dia, um encontro com responsáveis dos três operadores principais concorrentes da PT: Media Capital, ONI e Novis.

Os novos operadores ameaçaram suspender as suas respectivas ofertas de ADSL do mercado, manifestando preocupações de esmagamento de margens com a nova oferta da PT para os consumidores. Os representantes do Clix, do ONInet e do IOL queriam uma redução dos preços que a PT lhes vai cobrar pelo aluguer dos circuitos, com vista a ter uma oferta verdadeiramente concorrente do Sapo.

Depois de analisadas todas as informações e tendo em conta na recente alteração de preços da conectividade internacional, a Anacom decidiu que «não se opõe à entrada em vigo da oferta de retalho» da PT, segundo a deliberação de ontem.

As acções da PT cotavam nos 7,78 euros, a subir 0,13%.

Ver comentários
Outras Notícias