Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Analistas confiantes que fabricante do Blackerry tem espaço para disparar em bolsa

Analistas prevêem que a Research in Motion (RIM) irá beneficiar com a aquisição da Motorola Mobility pela Google, podendo atingir valores históricos de 1999.

Joana Marques 19 de Agosto de 2011 às 15:57
No passado dia 15, quando a Google acordou a compra da unidade de telemóveis da Motorola, a Motorola Mobility, por cerca de 12,5 mil milhões de dólares (8,8 mil milhões de euros), a RIM avançou 9,27% para 26,59 dólares canadianos por acção.

Os analistas da Morgan Keegan contactados pela Bloomberg, concluem que esta valorização está relacionado com um possível interesse que, empresas como a Samsung e a Microsoft, têm na fabricante dos Blackberry.

A Apple tem o iPhone e a Google a Motorola Mobility, para além de já ter o seu sistema operativo Android em vários “smartphone”, pelo que os Blackberry são o possível alvo da Samsung e da Microsoft. O facto de um cliente comprar um “smartphone” cujo sistema operativo instalado é da empresa que detém a marca do equipamento transmite uma maior segurança aos utilizadores, explica a mesma fonte.

Desta forma, os analistas desta casa de investimento esperam que o valor actual da empresa em bolsa (13,8 mil milhões de dólares canadianos, ou 9,74 mil milhões de euros) duplique ainda no decorrer deste ano, atingindo assim a meta dos 27 mil milhões de dólares canadianos (19,06 mil milhões de euros) registados pela última vez em 1999.

Depois de uma queda de 4,14% nos últimos três dias, a RIM avança agora com um ganho de 3,77% para 26,45 dólares canadianos.

Ver comentários
Saber mais Blackberry smartphone RIM Google Canada
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio