Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Analistas consideram "positiva" aquisição da Corticeira Amorim nos EUA

Os analistas da Espírito Santo Research e do BPI consideram positiva a aquisição da Corticeira Amorim de uma companhia americana de pavimentos de cortiça uma vez que aumenta a capacidade de produção da empresa.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 02 de Janeiro de 2009 às 10:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os analistas da Espírito Santo Research e do BPI consideram positiva a aquisição da Corticeira Amorim de uma companhia americana de pavimentos de cortiça uma vez que aumenta a capacidade de produção da empresa.

A Corticeira Amorim, através da sua participada Amorim Revestimentos, comprou 25% da companhia americana de pavimentos de cortiça US Floors, num investimento de dez milhões de dólares (7,1 milhões de euros), comunicou na quarta-feira a empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A Espírito Santo Research diz que esta aquisição é “positiva no longo prazo uma vez que o sector imobiliário nos Estados Unidos vai demorar algum tempo a recuperar”.

A casa de investimento refere que, com esta aquisição, a Corticeira Amorim reforça o investimento no aumento da capacidade de produção da unidade de negócio de pavimentos que pesa 27% no valor da empresa.

A ESR tem uma recomendação de “comprar” e um preço-alvo de 2,10 euros para as acções da Corticeira Amorim.

O BPI diz que esta aquisição tem um impacto “neutral a positivo”.

“Acreditamos que este negócio deverá permitir à empresa realçar significativamente a sua actividade de pavimentos de cortiça na América do Norte, diversificando a sua exposição nos pavimentos de cortiça, área em que tem forte presença em Portugal, Alemanha e na Holanda”, referem os analistas no Iberian Daily.

O BPI recomenda “comprar” acções da Corticeira Amorim com um preço-alvo de 1,90 euros.

As acções da Corticeira Amorim seguem a subir 1,23% para os 0,82 euros.

Ver comentários
Outras Notícias