Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CM: Antiga administração do BES passou quase toda à reforma

Dos dez antigos administradores do BES, apenas dois estão ainda no activo. Todos os outros se reformaram, Ricardo Salgado incluído, avança o Correio da Manhã.

Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 17 de Fevereiro de 2015 às 12:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

Entre os dez elementos que integravam a comissão executiva do BES, apenas dois não passaram ainda à reforma. Trata-se de Joaquim Goes e José Maria Ricciardi, os únicos que continuam no activo, avança esta terça-feira o Correio da Manhã.

 

Segundo o jornal, os primeiros a reformarem-se foram Ricardo Salgado, Amílcar Morais Pires, José Manuel Espírito Santo, António Souto e Rui Silveira. Fizeram-no logo em Julho de 2014, quando o Banco de Portugal forçou o abandono de funções por parte da antiga administração.

 

Estes serão os antigos administradores que, segundo já tinha avançado a SIC Notícias, se preparam para processar o Novo Banco por lhes ter cortado as pensões.

 

Já José Martins e João Freixa passaram para a reforma em Setembro de 2014, após a sua passagem pela equipa de Vítor Bento, escreve o jornal, que diz que os dois responsáveis já o fizeram ao abrigo das novas regras de aposentação do Novo Banco.

 

Estas pensões serão substancialmente mais baixas do que as inicialmente previstas, e atribuídas à primeira leva de reformas, razão pela qual o Novo Banco as resolveu alinhar, colocando-as em pé de igualdade. Segundo o CM, há reformas de 130 mil euros que caíram para 30 mil, o que deverá desencadear os referidos processos judiciais.

 

Joaquim Goes, que é director no Novo Banco, e José Maria Ricciardi, que se mantém à frente da comissão executiva do BES Investimento (BESI), não accionaram as suas pensões.

 

Ver comentários
Saber mais BES reformas milionárias Ricardo Salgado Novo Banco
Outras Notícias