Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

António Costa defende integração da TAP numa grande companhia latino-americana

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa defendeu hoje que a TAP não deve ser privatizada mas integrada numa grande companhia latino-americana para manter e consolidar a posição estratégica de Portugal como ponto central do Atlântico.

Lusa 03 de Fevereiro de 2012 às 15:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
António Costa, que falava numa conferência organizada pela Casa da América Latina, da qual é presidente, apontou concretamente a companhia resultante da fusão entre a brasileira TAM e a chilena LAN como a mais indicada para integrar a TAP.

"A grande função estratégica de Lisboa e de Portugal é a sua articulação com o espaço global (...) Podemos consolidar aqui um grande 'hub' atlântico, que assenta numa ligação privilegiadíssima que temos, hoje aeronáutica, entre Portugal e o Brasil", disse António Costa, referindo os 16 voos diários entre Lisboa e o Brasil.

"Tenho dito e repito que a privatização da TAP é a mais crítica que está em cima da mesa, assim como a privatização da ANA, e acho que era útil para o país do ponto de vista estratégico uma estratégia de fusão por integração entre a TAP e uma grande empresa e a integração da ANA com os aeroportos brasileiros", acrescentou.

Uma tal opção permitiria, considerou, "captar investimento e consolidar" essa centralidade atlântica".

Pelo contrário, prosseguiu, uma aquisição da TAP por outros grupos constituirá uma "perda irreparável" na medida em que deslocará esse ponto de centralidade atlântica que é Lisboa para outra cidade.

"Corremos esse risco. Se se abre um processo de privatização, (a TAP) tanto pode ser comprada pela TAM e a LAN como por um grupo concorrente, por exemplo, resultante da fusão entre a Ibéria e a British Airways. Isso implicaria necessariamente deslocar essa centralidade do 'hub' atlântico de Lisboa para outros destinos", disse.

A privatização da TAP está prevista para o primeiro trimestre deste ano.

A fusão entre a companhia aérea brasileira TAM e a chilena LAN Airlines deverá estar consolidada no segundo semestre de 2012. A empresa resultante vai chamar-se LATAM e será a maior empresa aérea da América Latina e uma das dez maiores do mundo.
Ver comentários
Saber mais TAP António Costa privatizações
Mais lidas
Outras Notícias