Tecnologias Apple quer reconquistar estudantes e professores com iPad barato

Apple quer reconquistar estudantes e professores com iPad barato

A Apple está a preparar-se para lançar novos modelos de iPad de baixo custo e software de educação, uma tentativa de reconquistar estudantes e professores perante a concorrência do Google e da Microsoft.
Apple quer reconquistar estudantes e professores com iPad barato
Reuters
Bloomberg 26 de março de 2018 às 15:58

No seu primeiro grande evento de produtos do ano, a Apple voltará às suas raízes no mercado de educação. O evento, na terça-feira, 27 de Março, no Lane Technical College Prep High School, em Chicago, marcará a primeira vez que a Apple realiza um lançamento de produto direccionado para a educação desde 2012, quando lançou uma ferramenta para projectar livros electrónicos para o iPad. É também uma rara ocasião em que a Apple realiza um evento fora do seu estado natal, a Califórnia.

 

Em Chicago, a empresa de tecnologia mais valiosa do mundo planeia exibir uma nova versão do seu iPad mais barato, que deve atrair o mercado de educação, revelaram pessoas próximas do assunto. A empresa também apresentará um novo software para as salas de aula, disseram as pessoas, que pediram anonimato já que estes planos ainda são privados. A Apple preferiu não comentar.

 

Steve Jobs deu prioridade às escolas desde o início da existência da Apple. Mas, à medida que a empresa se voltou para produtos do mercado de massa e de margens mais altas nos últimos anos, o Google e a Microsoft conseguiram invadir as salas de aula com laptops e tablets baratos. No ano passado, o mercado global de tecnologia educacional gerou 17,7 mil milhões de dólares em receitas, de acordo com a empresa de análise Frost & Sullivan.

 

A Apple foi responsável por 17% das remessas de computação móvel para estudantes americanos do jardim da infância até o ensino secundário, de acordo com os dados do terceiro trimestre publicado pela Futuresource Consulting. Os dispositivos que operam sistemas operacionais do Google em Chromebooks ou tablets Android tinham 60% do mercado, e os computadores com Windows, 22%. Embora o Mac e o iPad representem menos de 20% das vendas combinadas da Apple, estudantes e professores são um mercado-chave para impulsionar compras futuras.

 

Um novo laptop MacBook mais barato está a ser desenvolvido e deverá substituir o MacBook Air com um preço inferior a 1.000 dólares, mas provavelmente não ficará pronto a tempo da apresentação desta semana, revelaram as mesmas fontes. O MacBook Air, lançado há cerca de uma década, não sofreu grandes alterações desde 2010, o mesmo ano em que o iPad foi lançado. Embora o laptop seja popular entre estudantes universitários, definhou quando a Apple passou a concentrar-se em modelos de Mac mais caros.

 

Laptops rivais fizeram incursões pelo mercado de educação ultimamente, um campo que originalmente ajudou a Apple a fazer o seu nome. O sector é valorizado entre os gigantes da indústria porque os estudantes aprendem a usar determinado tipo de dispositivo e depois, quando entram no mercado de trabalho, disseminam a tecnologia mais amplamente.

 

Com um recente ataque publicitário, a Apple espera conquistar mais jovens com o iPad. A empresa modificou a sua estratégia em relação ao tablet ao longo dos anos, lançando versões diferentes com diversos preços. Isso ajudou a unidade do iPad a voltar a crescer após vários trimestres em declínio. Ainda assim, a procura por tablets está fraca.

 

Segundo a empresa de análise IDC, o mercado encolheu cerca de 7% em 2017. A Apple cresceu 3% no ano passado e lidera o sector, com cerca de um quarto do mercado.

 

Num convite para o evento de Chicago, a Apple anunciou que vai apresentar "ideias novas e criativas para professores e estudantes". Ter um lugar onde os participantes possam ver a nova tecnologia em acção dentro de uma sala de aula seria uma boa estratégia para uma empresa que foca os seus anúncios em demonstrações ao vivo.

(Texto original: Apple Tries to Win Back Students and Teachers With Low-Cost iPad)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI