Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple combate defeito do novo iPhone com descontos e oferta de capas

Da conferência de imprensa agendada para hoje não sairá qualquer decisão de recolha de telemóveis do mercado. Em vez disso, Steve Jobs planeia oferecer capas ou descontos.

  • Partilhar artigo
  • ...
A fazer fé nos analistas ouvidos pela Bloomberg, o problema de recepção do mais recente iPhone (a quarta versão) não motivará a recolha de quaisquer telemóveis do mercado. A conferência de imprensa de hoje servirá antes para anunciar a oferta de brindes (como as capas que, alegadamente, resolvem o problema de recepção) ou de reembolsos aos clientes insatisfeitos, segundo os mesmo analistas.

“Aquilo de mais importante que Steve Jobs tem a fazer hoje, é chegar lá e admitir que há um problema [com os telefones], dizer a verdade e pedir desculpa”, disse Charlie Wolf, analista da Needham & Co., ouvido pela agência noticiosa norte-americana. “As pessoas adoram a Apple. Tudo o que precisam é de uma desculpa para voltarem. Um pedido de desculpa é o caminho a seguir”, defende Wolf.

Nenhum dos analistas consultados pela Bloomberg põe a hipótese de que venha a haver uma recolha de telemóveis. Até porque, para Abhey Lamba, analista no ISI Group, “ muitos dos actuais utilizadores de iPhone não estão a reclamar, mas este problema poderá limitar a Apple em angariar novos clientes”.

Dos 48 analistas que a Bloomberg consultou, 44 continuam a recomendar que se comprem acções da Apple, enquanto apenas quatro recomendam que quem as tem, as mantenha. Ninguém recomenda a venda.

As acções da empresa estão hoje a subir 0,93% para os 194,70 euros na negociação na bolsa alemã. Ontem fecharam a cair 0,51% para os 251,45 dólares em Nova Iorque.

Ver comentários
Outras Notícias